Quarta-feira, 17 de outubro de 2018
Dólar R$ 3,72
Euro R$ 4,31
Tecnologística no LinkedIn
Dicionário de Engenharia
ICOGRADA
International Council of Graphic Design
ICSID
International Council of Industrial Design
IDEAL
Um objetivo que nunca será alcançado, mas que poderemos nos aproximar dele.
IDENTIFICAÇÃO
Tarefa de identificar e descrever o item em estoque, individualizando-o dentre os demais através de seus característicos físico/químicos e a sua aplicação.
IDENTIFICAÇÃO DE FORNECEDOR
Análise e registro dos dados de identificação de fornecedores, compreendendo: razão social, endereços e número de inscrição no CGC e CPF.
IDENTIFICAÇÃO DE MATERIAL
Tarefa de identificar e descrever o item, individualizando-o dentre os demais através de seus característicos físico/químicos e a sua aplicação.
IDENTIFICAÇÃO SUPLEMENTAR
A Identificação Suplementar é um conjunto de informações que complementam uma Descrição Padronizada e/ou permitem a criação de uma Descrição Referencial, constituindo-se uma fonte de subsídios para a identificação de itens de suprimento.
IDENTIFICAÇÃO SUPLEMENTAR DE MATERIAL
A Identificação Suplementar é um conjunto de informações que complementam uma Descrição Padronizada e/ou permitem a criação de uma Descrição Referencial, constituindo-se uma fonte de subsídios para a identificação de itens de suprimento.
IDENTIFICADOR DE APLICAÇÃO
Campo com dois ou mais caracteres no início de um dado codificado em um símbolo UCC/EAN-128, que define com exclusividade seu formato e significado.
IDO – ÍNDICE DE DESEMPENHO OPERACIONAL
Verifica a constância do nível de produção ao longo do tempo.
IEC
International Electrotechnical Commission
IEEE
Institute of Electrical and Electronics Engineers
IFB
Invitations for bid.
IFO
Income from operation
IGD
Índice Geral de Deslocamentos
ILHA INDUSTRIAL
Área utilizada para acomodar o movimento de pessoas, equipamentos de combate ao incêndio e serviços pessoais.
ILUMINÂNCIA
Intensidade do fluxo luminoso incidente em uma unidade de área de uma superfície.
ILUSÃO ÓTICA
Percepção visual em que há grave discrepância entre o estímulo e o objeto percebido.
IMAGESETTERS
Dispositivo de saída de alta resolução, a laser e sem toner, que expõe papel fotográfico ou filme, gerando artes finais acabadas ou filmes de seleção para a gravação de formas de impressão.
IMAGINAÇÃO
Capacidade de criarem-se soluções novas para problemas antigos ou novos, e de criar diversas soluções diferentes para um mesmo problema. Capacidade de se criar alguma coisa a partir do nada.
IMAGINAÇÃO CRIATIVA
Significa a construção de um quadro do que existe e do que deveria existir e do que nunca foi realmente experimentado, sendo criativo. Ser criativo é combinar fatos ou idéias dispares em novo contexto de significado.
IMCS
Inventory Management and Control System
IMPLEMENTAÇÃO
Atividade de tornar operante um sistema.
IMPOSTOS E TAXAS
Refere-se aos valores repassados aos cofres públicos, como: Imposto de Renda, Contribuição Sindical, IPTU, IPVA de carros da própria empresa, etc.
IMPRESSÃO
Define impressão como a reprodução mecânica repetitiva de grafismos sobre suportes, por meio de formas de impressão.
IMPRESSÃO DIGITAL
Sistema de impressão em que a máquina impressora recebe constantemente dados digitais, de um computador, podendo a cada ciclo, imprimir textos ou imagens diferentes.
IMPRESSÃO DIRETA
Processo no qual a impressora imprime o símbolo tendo contato físico com o substrato, por exemplo, flexografia.
IMPRESSION
Número de vezes que a página contendo anúncios é apresentada na tela do computador.
IMPRODUTIVIDADE REPETITIVA
As improdutividades repetitivas são deslocamentos, tarefas como carga e descarga, e tempo perdido que não acrescentam valor ao produto. Muitas vezes poderão aparentar ser de valores não significativos. Mas por serem repetitivos e permanentes, no final de um certo período poderão acumular custos incorridos num montante expressivo que poderá significar a diferença entre um bom resultado, e um desempenho medíocre, ou mesmo, negativo.
INCERTEZA
Um evento é incerto quando não conhecemos a dispersão e não poderemos calcular a média e a mediana.
INCOTERMS
Linguagem de 13 termos utilizada no Mercado exterior.
INDICADOR
Dígito para completar um determinado número de identificação ou
INDICADOR DE MARGEM CLARA
Caractere ‘maior que’ (>) ou ‘menor que’ (<), impresso no campo humano-legível de um símbolo do código de barras, com a ponta alinhada com a borda externa da margem clara.
INDICADORES DE DESEMPENHO
Indicadores que irão demonstrar o resultado do processo ou sistema da empresa em um determinado momento e nem sempre necessitam de fórmulas para cálculo.
INDICADORES DE DESEMPENHO (ID)
São dados sobre medições de características de produtos ou parâmetros de processos criados para monitoração da conveniência da adoção de ações gerenciais.
INDICADORES DE PRODUTIVIDADE (OU DA PRODUTIVIDADE SISTÊMICA)
Forma de representação quantificável, usada para medir a eficiência e eficácia relativa de um produto, processo, serviço ou sistema.
INFLAÇÃO
Elevação de preço para um mesmo tipo e quantidade de bens e serviços, tornando os produtos menos competitivos nos mercados mundiais, resultando na desvalorização da moeda para evitar a exaustão das reservas cambiais.
INFORMAÇÃO NUTRICIONAL COMPLEMENTAR – DECLARAÇÃO DE PROPRIEDADES NUTRICIONAIS
representação que afirme, sugira ou implique que um produto possui propriedades nutricionais particulares, especialmente, mas não somente, em relação ao seu valor calórico e ao seu conteúdo de carboidratos, proteínas, gorduras e fibras alimentares, bem como seu conteúdo de vitaminas e minerais.
INFORMAÇÕES
Todo e qualquer material usado para extrair, conscientizar, motivar, construir e agregar conhecimento.
INFORMS
Institute for Operations Research and the Management Sciences
INOVAÇÃO
Capacidade do marketing e da engenharia de desenvolver e transformar em realidade industrial e comercial, todas as idéias desenvolvidas pela criatividade da mente humana, a fim de atender as necessidades dos usuários.
INOVAÇÃO TECNOLÓGICA
Processo pelo qual uma idéia ou invenção é transposta para a economia, ou seja: um novo produto ou serviço é posto em disponibilidade para o consumo ou uso.
INSIDER
Investidor que tem acesso privilegiado a determinadas informações, antes que estas se tornem conhecidas no mercado.
INSPEÇÃO
Atividade de medição, exame ou prova de uma ou mais características do produto ou serviço em relação a algum requisito.
INSPEÇÃO
Medir, examinar, testar, calibrar, uma ou mais características dos produtos ou serviços e comparação dos resultados com os requisitos específicos, para se verificar se a conformidade foi atingida para cada característica.
INSPEÇÃO DE RECEBIMENTO
Conjunto de atividades de medição, exame, ensaio, verificação, etc., de uma ou mais características do produto recebido, e a comparação dos resultados com requisitos especificados, a fim de determinar se há conformidade para cada uma dessas características.
INSPEÇÃO INICIAL
Verificação da qualidade dos primeiros itens fabricados depois da finalização de um novo “setup”.
INSPEÇÃO JUDICIAL JURÍDICO
Ida do Juiz ao local onde estiver a pessoa ou a coisa a ser inspecionada.
INSPEÇÃO POR AMOSTRAGEM
A definir
INSPEÇÃO RETIFICADORA
A definir
INSTITUCIONAL - INVESTIDOR
Instituição que dispõe de vultosos recursos mantidos em certa estabilidade e destinados à reserva de risco ou à renda patrimonial e que investe parte dos mesmos no mercado de capitais.
INSTRUÇÃO
Disposição que expressa uma ação a ser executada.
INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO – I.O.
Procedimento para emitir Instruções de Operação.
INSTRUMENTOS DO MERCADO MONETÁRIO
Os documentos negociáveis, que mostram a obrigação de alguém de pagar uma certa quantia de dinheiro em uma data específica, normalmente dentro de um ano.
INSUMO
Tudo aquilo que é fornecido a um processo para utilização, transformação ou consumo e que se constitui de recursos humanos, materiais, financeiros e serviços administrativos ou gerencias e de apoio.
INSUMO FARMACÊUTICO
Droga ou matéria-prima aditiva ou complementar de qualquer natureza, destinada a emprego em medicamentos, quando for o caso, e seus recipientes.
INTEGRAÇÃO
Processo de harmonizar os sistemas, para se suplantar as incompatibilidades.
INTENSIDADE LUMINOSA
É a medida em velas da intensidade do fluxo luminoso.
INTERCAMBIALIDADE
Capacidade de uma entidade ser usada no lugar de outra, sem modificação, para atender os mesmos requisitos.
INTERFACE
Conexão entre duas partes de um sistema que permitem estas partes trabalharem junta.
INTERFACE
Fronteira compartilhada entre dois sistemas.
INTERLOCK – INTERTRAVAMENTO
É o sistema que controla as máquinas de usinagem para os modos de operação automática, manual e manutenção. O sistema de interlock evita, por exemplo, que o operador possa abrir a porta de uma maquina quando ela esta em ciclo. O sistema interlock controla também a comunicação da máquina com o equipamento de transporte automático, evitando colisão.
INTERNET E INTRANET
A Internet é uma ferramenta ao alcance dos gestores que lhes permite mudar radicalmente a forma como executam o trabalho e gerem empresas. Se a Internet já provou ser crucial para comunicar e dar acesso à informação, as intranets (redes internas) são cada vez mais populares para a difusão da informação no interior da empresa entre os seus funcionários. Outras das facilidades das intranets são as criações de grupos de discussão internos (newsgroup) que visam partilhar informação e recolher idéias ou sugestões, bem como o correio eletrônico (interno e externo), que está a assumir-se em todo o mundo como uma alternativa ao envio de mensagens por fax.
INTERPOLAÇÃO
Processo para se encontrar o valor de uma função entre dois valores conhecidos.
INTERVALO DE CONFIANÇA
Margem em cada lado do valor estimado a partir de uma amostra que poderá conter o valor real para toda o universo.
INTERVENÇÃO
Ações do Banco Central projetadas para influenciar a taxa de câmbio da moeda do país, utilizando a compra e venda das reservas diante das pressões de instabilidade.
INTIMAÇÃO JURÍDICO
É o ato pelo qual se dá ciência a alguém dos atos e termos do processo, para que se faça ou deixe de fazer alguma coisa.
INVENÇÃO
Ato criativo que atende aos requisitos da novidade, atividade inventiva e aplicação industrial.
INVENTÁRIO PERPÉTUO
Um sistema de registro das quantidades, onde cada transação de entrada e saída é registrada e uma nova situação é computada.
INVENTÁRIO QUANTITATIVO
No sentido quantidade corresponde às quantidades em estoque de materiais para a suportar a produção, atividades como manutenção produto acabado e serviço ao cliente.
INVENTÁRIO RACIONAL
A estrutura modal facilita o trabalho de realização adequada dos inventários, em virtude da introdução da filosofia da pré-contagem, sendo esta pré-contagem uma peça-chave no bom relacionamento entre a programação, produção e sistemas de informações industriais devido à aderência entre as existências físicas e os registros do sistema de informação.
INVENTORY ACCOUNT
Arquivo do sistema MRP - Material Requeriment Planning que controla as existências brutas de materiais e produtos.
INVESTIMENTO
Emprego da poupança em atividade produtiva, objetivando ganhos a médio ou longo prazo. é utilizado, também, para designar a aplicação de recursos em algum tipo de ativo financeiro.
INVESTIMENTO DIRETO
A aquisição de participação acionária suficiente para envolver algum nível de controle administrativo em uma empresa em um país estrangeiro.
INVESTIMENTOS EM ESTOQUES
Valor de todos os materiais existentes na empresa.
INVESTIMENTOS LÍQUIDOS
Valor total despendido com o projeto menos os valores de revenda dos equipamentos liberados e valor da área fabril tornada disponível para outra atividade.
INVESTIMENTOS PUBLICITÁRIOS
Valores utilizados para se introduzir um novo produto no mercado, que representam um porcentual muito elevado sobre a venda e que, portanto não poderá ser colocado no preço do produto para ser assumido pelo comprador. A despesa de publicidade é a verba que se coloca na formação do preço do produto, já em comercialização normal e que é paga pelo usuário, quando compra um determinado produto anunciado.
IOG - ÍNDICE OPERACIONAL GLOBAL
Mostra o Rendimento Operacional Global do Equipamento através da conjunção dos índices operacionais e de qualidade.
IP
Intellectual Property
IPCR
Interligação dos pontos de concentração de recursos - Atividades de distribuição interligando os PCR.
IPPD
Integrated Product and Process Development
IPR
Intellectual Property Rights
IPT
Integrated Product Team
IQR
Inventory Quality Ratio
IRM
Integrated Resource Management
IRRITANTES
São substancias capazes de provocar irritação da pele, olhos e/ou vias respiratórias por contato prolongado.
ISBN – INTERNATIONAL STANDART BOOK NUMBERING SYSTEM
Sistema para numeração de livros.
ISHIKAWA – DIAGRAMA DE
Denominação alternativa dada ao Diagrama Causa e Efeito, em homenagem ao Doutor Kaoru Ishikawa que foi um grande entusiasta de sua concepção, difusão e aplicação.
ISO
International Organization for Standardization
ISO
International Standards Organization
ISO 9.000
Série de normas internacionais para a administração da qualidade e desenvolvimento da qualidade assegurada, que foram desenvolvidas para auxiliara as empresas documentar os elementos do sistema da qualidade para serem implementados para manter um sistema da qualidade eficiente.
ISO 9000
Norma de referencia para a certificação do sistema da qualidade de uma empresa.
ISOFLAVONAS
São substancias naturais, que tem função antioxidantes.
ISOMERISMOS
Fenômeno pelo qual, dois ou mais compostos têm a mesma formula, porém apresentando diferentes propriedades.
ISOMORFOS
São elementos em que os módulos têm a mesma forma e as mesmas dimensões, permitindo composições modulares, como exemplo tem o simples tijolo de 6x12x24 cm que podem ser justapostos de diferentes maneiras.
ISÔMERO
Molécula que contém as mesmas espécies e o mesmo número de átomos que outra, mas difere desta na estrutura.
ISSN - INTERNATIONAL STANDART NUMBERING SYSTEM
Sistema para numeração de revistas e publicações.
ISWG
Interoperability Service Working Group
ITEM
Entidade
ITEM
Parte comprada ou manufaturada, material, semi-acabado, pré-montado ou produto acabado.
ITEM COMERCIAL
Qualquer item (produto ou serviço) sobre o qual haja necessidade de recuperar informações predefinidas e que pode receber um preço, ser encomendado ou faturado em qualquer ponto da cadeia de suprimento.
ITEM COMERCIAL DE MEDIDA FIXA
Item sempre produzido na mesma versão predefinida (tipo, tamanho, peso, conteúdo, desenho, etc.) que pode ser vendido em qualquer ponto da cadeia de suprimento.
ITEM COMERCIAL DE MEDIDAS VARIÁVEIS
Item sempre produzido na mesma versão predefinida (tipo, medidas, desenho, embalagem, etc.) que pode ser vendido em qualquer ponto da cadeia de suprimento, podendo variar em peso/tamanho por sua natureza ou ainda ser comercializado sem peso/tamanho/comprimento predefinido.
ITEM DE CONTROLE
Um produto (montagem, peça, material) que é identificado em desenhos e especificações com o símbolo Delta Invertido (Ñ) precedendo o número da especificação da peça e que contém uma ou mais Características Críticas.
ITENS EQUIVALENTES
Itens de suprimento procedentes de diferentes fontes de venda e/ou fabricação, mas, possuidores dos mesmos dados descritivos e características de operação.
ITENS EQUIVALENTES DE SUPRIMENTO
Itens de suprimento procedentes de diferentes fontes de venda e/ou fabricação, mas, possuidores dos mesmos dados descritivos e características de operação.
ITENS PERMUTÁVEIS
Itens de suprimento diferentes em parte, em seus característicos físicos, mas que, sem prejuízos de ordem operacional, podem ser utilizados para a mesma aplicação.
ITENS PERMUTÁVEIS DE SUPRIMENTO
Itens de suprimento diferentes em parte, em seus característicos físicos, mas que, sem prejuízos de ordem operacional, podem ser utilizados para a mesma aplicação.
ITF - INTERLEAVED TWO OF FIVE
Intercalado 2 de 5.
ITO - ÍNDICE DO TEMPO OPERACIONAL
É a relação entre o tempo de funcionamento total da máquina e o tempo efetivo de operação.