Terça-feira, 24 de abril de 2018
Dólar R$ 3,45
Euro R$ 4,21
Tecnologística no LinkedIn
Dicionário de Logística
Por Altamiro Carlos Borges Júnior e Alex Galvão, diretores do ABGroup
Cabotagem
Navegação doméstica (pela costa do país).
Cadeia de abastecimento estendida (Extended supply chain)
Fornecedores do fornecedor direto e clientes do cliente.
Cadeia de valor (Value chain)
Atividades agrupadas (primárias e de apoio) que uma organização desempenha para produzir valor agregado de produtos e serviços.
Calado
Expressão do transporte marítimo que significa profundidade dos canais do porto.
Callback
Processo pelo qual um servidor de EDI verifica a fonte de acesso para o sistema para garantir que quem esta chamando é um usuário autorizado.
Caminhões na prateleira
Expressão utilizada no transporte rodoviário, que significa que há ociosidade na utilização de caminhões, ficando parados à disposição de uma eventual utilização.  
Canais de armazém único (Single warehouse channels)
Uso de um único armazém que atende às necessidades do varejo dentro de determinada área. O canal de armazém único geralmente é chamado de canal de disparo porque os produtos saem diretamente da fábrica para o atacadista, que então atende às necessidades dos varejistas.
Capatazia
É o serviço utilizado geralmente em portos e estações/terminais ferroviários, onde profissionais autônomos, ligados a sindicatos ou de empresas particulares, executam o trabalho de carregamento/ descarregamento, movimentação e armazenagem de cargas.
Carnê ATA (ATA Carnet)
Documento alfandegário internacional para uso dos expositores que precisam cruzar fronteiras transportando produtos valiosos temporariamente. O carnê permite que os expositores levem os produtos temporariamente ao exterior (ex.: amostras, equipamentos de medição, e outros) evitando todos os impostos e formalidades na fronteira.
Carreteiro
É o motorista que conduz o seu próprio veículo (caminhão) no caso do transporte rodoviário.
Carrier
Transportadora.
Carrier haulage
Serviço de transporte oferecido pelo transportador sob os termos e condições dos documentos relevantes de transporte e tarifas.
Cascading yield loss ou Acúmulo de perdas de rendimento
É quando ocorre perda de rendimento em muitas operações e/ou tarefas.
Cavalo mecânico
 É o conjunto monolítico formado pela cabine, motor e  rodas de tração do caminhão. Pode ser engatado em vários tipos de carretas e semirreboques, para o transporte. 
Cavername
 É o conjunto de cavernas de um navio.
Cábrea
Equipamento usado em portos para levantar grandes cargas pesadas ou materiais em obras, e que consta de três pontaletes unidos no topo, onde recebem uma roldana por que passa o cabo.
Cábrea flutuante
Embarcação sobre a qual se instala uma cábrea, para embarcar ou desembarcar grandes pesos de navios e de outras embarcações.
Câmara de compensação (Clearinghouse)
Organização constituída para processar e coletar tarifas para um grupo de transportadores.
CD – Centro de distribuição (Distribution center - DC)
Armazém utilizado para a gestão dos estoques dos produtos a serem distribuídos, englobando movimentação, armazenagem, administração, processamento de pedidos e emissão de notas fiscais e, em alguns casos, embalagem e etiquetagem.
CE – Códigos de estoque
Designação de uma numeração para o item.
CEDAC
Diagrama de Causa e Efeito com Adição de Cartões. Método criado por Ryuji Fukuda para realizar ações de melhoria de maneira eficaz. Permite concentrar-se sobre aspectos precisos de um problema importante a resolver, ter "à vista" as causas dos problemas e as ações para inibi-las, gerenciar a melhoria "in loco", de modo contínuo, e informar a todos, em tempo real, os objetivos de melhoria e os novos padrões de processo encontrados.
Cegonha
Caminhão projetado e produzido para o transporte de carros, geralmente de fábricas para concessionárias.
CEO
Chief Executive Operation ou Officer.
CEP
Controle Estatístico do Processo.
CFOP
Código Fiscal de Operações e Prestações, das entradas e saídas de mercadorias, intermunicipal e interestadual. Trata-se de um código numérico que identifica a natureza de circulação da mercadoria ou a prestação de serviço de transportes. É através do CFOP que é definido se a operação fiscal terá ou não que recolher impostos.
CFR
Cost and Freight ou Custo e Frete. Significa que o vendedor entrega as mercadorias quando elas transpõem a amurada do navio no porto de embarque e arca com os custos do frete relativo ao transporte até o porto de destino, mas fica a cargo do comprador o risco de perda ou dano às mercadorias após o momento da entrega pelo vendedor. Este termo pode ser usado apenas para transporte marítimo ou hidroviário interior.
Chamber of Commerce
Câmara de Comércio, associação de importadores e exportadores com o objetivo principal de desenvolver o comércio entre si.
Chapa
É a denominação dada ao profissional autônomo que é contratado pelo motorista de caminhão para fazer o carregamento ou descarregamento da carga, na origem ou destino. 
Chassis combinado (Combination chassis)
Chassis que pode transportar um contêiner de 40 ou 30 pés ou uma combinação de contêineres menores.
CI.B/L 
Clean Bill of Lading (Conhecimento de Embarque Limpo).
CIF
Cost, Insurance and Freight ou Custo, Seguro e Frete. Neste caso, o material cotado já tem tudo embutido no preço, ou seja, é posto no destino.
CIM
Computer Integrated Manufacturing ou Manufatura Integrada com Computadores.
CIP
Carriage and Insurance Paid To ou Transporte e Seguro Pagos Até. Significa que o vendedor entrega as mercadorias ao transportador designado por ele, mas o vendedor deve também pagar o custo de transporte necessário para levar as mercadorias até o destino nomeado além de contratar seguro de transporte até esse ponto. Este termo pode ser usado sem restrição do modo de transporte, incluindo o transporte multimodal.
Clearance
Liberação, desembaraço aduaneiro.
CLM - Council of Logistics Management
Associação norte-americana para promoção da logística e cadeia de abastecimento.
Closed-Loop Material Requirements Planning
veja PLANEJAMENTO DAS NECESSIDADES DE MATERIAL EM CIRCUITO FECHADO.
CLP – Controlador Lógico Programável (PLC - Programmable Logic Controller)
Dispositivo eletrônico programado para testar o estado dos dados de input no processo e determinar linhas de ajuste.
Cluster
São concentrações geográficas de empresas interligadas entre si, que atuam em um mesmo setor com fornecedores especializados, provedores de serviços e instituições associadas.
Co-customership
Medição do desempenho do valor real de produtos e serviços do fornecedor para o cliente, baseado em índices estabelecidos por este.
Co-Makership
Relacionamento a longo prazo com base em confiança mútua.
Co-opetition
Colaboração entre empresas concorrentes para atender a uma necessidade específica do cliente ou aproveitar uma janela de oportunidade do mercado.
Coach
facilitador; instrutor; entidade (pessoa, equipe, departamento, empresa, etc.) que atue como agregador das capacidades de cada elemento da cadeia (equipe, departamento, empresa, etc.).
Cobertura média ou CM
É a indicação de quantas vezes o estoque se renovou durante o período (n). CM = 12/Cr, ou seja, os 12 meses do ano divididos pelo coeficiente de rotação.
COD
Collect on Delivery, ou Cobrança na Entrega. Também pode ser Cash on Delivery, ou Pagamento Contra Entrega.
Code stitching
 Tecnologia que permite decifrar e reconstruir os códigos de barras danificados ou truncados.
Coeficiente de rotação
 É a relação entre as retiradas de um estoque e o seu próprio estoque médio: Cr = saídas/estoque médio. 
COFC
Situação que se caracteriza pela colocação de um contêiner sobre um vagão ferroviário, sendo um doublestack, quando são colocados dois contêineres.
Comboio
Conjunto de veículos que seguem juntos para um mesmo destino. Utilizado principalmente por motivo de segurança.
Comitê Draft
Comitê de Planejamento. 
Commodity
Produto com especificação comum no mercado e de fácil obtenção.
Conair
Tipo de contêiner frigorífico, sem maquinário de refrigeração e que só pode ser utilizado com clip on ou em navios apropriados.
Condomínio industrial (Industrial condominium)
Expressão da indústria de montagem para designar a instalação de unidades avançadas das empresas fornecedoras no mesmo terreno da montadora.
Conhecimento de Transporte
Documento emitido pela transportadora, baseado nos dados da Nota Fiscal, que informa o valor do frete e acompanha a carga. O destinatário assina o recebimento em uma das vias.
Consigned stocks
Consiste de uma estrutura formada por um conjunto de tubos unidos em um perímetro de carregamento quadrado ou retangular.
Contagem cíclica (Cycle counting)
Contagem total de inventário físico que inclui tudo no armazém ou fábrica.
Contêiner
Equipamento de metal no formato de uma grande caixa, que serve para o transporte de diversos materiais, fazendo assim uma unitização de cargas, que, ao estarem acondicionados no seu interior, não sofrem danos durante o percurso e nem em caso de transbordo para outros modais. São reutilizáveis e possuem quatro tamanhos principais, de 30, 25, 20 e 10 toneladas.
Contêiner completo (Full container load - FCL)
O que não pode receber carga enquanto estiver sendo transportado.
Contêiner consolidado (Consolidated container)
O que contém expedições de diferentes de empresas para entrega a um ou diversos destinatários.
Contêiner de carga a granel (Bulk container)
Contêiner de expedição projetado para transporte de cargas secas carregadas por abertura no teto do contêiner e descarregadas por alçapões em um dos lados do contêiner.
Contêiner de transporte aéreo (Air cargo container)
Projeto de acordo com o interior da aeronave, com diversos tamanhos e forma.
Contêiner frigorífico (Reefer)
Aquele que possui sistema de refrigeração, com câmaras frias para preservar produtos perecíveis em baixas temperaturas.
Contêiner ISO (ISO container)
Contêiner totalmente fechado e à prova de intempéries, com paredes rígidas, e com pelo menos uma das paredes equipadas com porta e adequado para transporte de carga da maior variedade possível. A forma mais simples deste tipo de contêiner recebe o código 00. Este contêiner atende a todos os padrões relevantes da ISO no momento da fabricação. Nota: ISO é a abreviação adotada para designar International Organization for Standardization. Equipamento de transporte com dimensões padronizadas, utilizado para unitizar carga geral e granéis sólidos e líquidos.
Continuous improvement (Melhoria contínua)
Componente essencial no Just-in-Time e na Qualidade Total que reflete uma determinação inabalável para eliminar as causas dos problemas. É o oposto da mentalidade de "apagar incêndios". 
Conveyor
Transportador contínuo.
Core business
Relativo ao próprio negócio ou especialidade no negócio que faz.
Corner fitting
Ponto de fixação padrão da unidade de transporte intermodal na embarcação ou veículo de transporte.
Cost drivers
Fatores direcionadores de custos.
Cota (em transporte) (Allotment)
Compartilhamento da capacidade de um meio de transporte designado a uma parte específica, por exemplo, um transportador ou agente, com o propósito de reservar carga para uma viagem específica.
CP
Um índice de capacidade, que é a razão da tolerância especificada da peça para a distribuição do processo sem levar em conta a localização dos dados. É calculado depois da verificação de que o processo está estatisticamente controlado.
CPFR
 Collaborative Planning, Forecasting and Replenishment ou Planejamento Colaborativo de Previsão e Reabastecimento.
CPK
Um índice de capacidade que considera tanto a distribuição do processo quanto a proximidade da distribuição em relação aos limites de especificação. É calculado depois da verificação de que o processo está estatisticamente controlado.
CPM 
Critical Path Method ou Método do Caminho Crítico.
CPT 
Carriage Paid To ou Transporte Pago Até. Significa que o vendedor entrega as mercadorias ao transportador designado por ele, mas o vendedor deve, além disto, pagar o custo do transporte necessário para levar as mercadorias para o destino nomeado. Este termo pode ser usado sem restrição do modo de transporte, incluindo o transporte multimodal.
CRM
Customer Relationship Management ou Gerenciamento do Relacionamento com o Cliente ou, ainda, Marketing One to One.
Cross-docking
Uma operação de rápida movimentação de produtos acabados para expedição, entre fornecedores e clientes. Chegou e já sai.
CRP
Continuous Replenishment Process ou Programa de Reabastecimento Contínuo.
CTD
Combined Transport Document ou Documento de Transporte Combinado.
CTI
Computer Telephony Integrated ou Sistema Integrado de Telefonia e Computação.
Custeio do ciclo de vida (Life cycle cost)
Identificação, avaliação, seguimento e acúmulo dos custos reais de cada produto desde a sua criação e desenvolvimento inicial até o serviço ao cliente final e suporte ao mercado.
Custeio por absorção
Sistema de custeio para valoração do produto acabado, semiacabado e pré-montado em que uma parcela dos custos fixos departamentais são assumidos por cada unidade produzida. A absorção do custo fixo é realizada pelo cálculo da taxa horária do departamento ou da máquina, multiplicado pelo tempo de conformação ou montagem dos componentes intermediários ou do produto.
Custo anual de aquisição (Aquisition annual cost)
Custo total para a aquisição ou produção de material durante o ano. Seu cálculo é feito pela multiplicação da demanda anual pelo custo de aquisição por unidade.
Custo básico
São custos padrões definidos numa certa ocasião, e nunca mais alterados para que não se perca a referência histórica. Poderemos então utilizar os números para a montagem de séries históricas elucidativas.
Custo de capital (Money cost)
Custo para manutenção de uma unidade monetária aplicado em determinado período de tempo, como um ano. É expresso em percentual (%) sobre o valor do inventário.
Custo de falta (Stockout cost)
Custo da indisponibilidade de estoque de um produto solicitado pelo cliente, podendo implicar perda parcial ou total da venda ou até mesmo do cliente. Abrange custos como lucros não auferidos em função de venda perdida e pode gerar custos adicionais quando força a urgente reposição, em função de compra ou mudança não planejadas.
Custo de oportunidade (Opportunity cost)
Taxa de retorno do capital esperada por uma empresa de investimento diferente em sua carteira.
Custo de pedido
Valor que envolve todos os gastos para se fazer um pedido, como gasto com pessoal, telefone, papel, lápis e tudo mais que for necessário para a confecção do pedido. Ou é o custo considerado somando basicamente as operações de fazer a solicitação a Compras, acompanhar seu atendimento, fazer o recebimento, inspecionar quando da chegada, movimentá-lo internamente e fazer seu pagamento.
Custo de posse (Holding cost)
Custo relativo a posse de uma unidade ou item no estoque por período tempo. Abrange custos como os de capital, taxas, seguro, estocagem, movimentação, administração, perda, obsolescência e deterioração.
Custo de re-pedido (Reorder cost)
Custo de colocação de um pedido repetido de um item, externamente a um fornecedor e internamente à fábrica. Pode abranger elementos como preparação do pedido, administração, transporte, processamento do recebimento, inspeção, além de lotes e outras despesas de produção no caso da fábrica.
Custo de reposição (Replacement cost)
Método para determinar o valor de estoques com base no custo da compra seguinte.
Custo direto (Direct cost)
Custo variável, podendo diretamente atribuído a determinada atividade ou operação, com a contabilização de todos os seus custos diretos identificáveis.
Custo direto do produto (Direct product cost)
É uma espécie de indicador para medida da lucratividade de um determinado produto, levando em consideração todos os custos diretos identificáveis.
Custo do capital em estoque (materiais em processo)
É o valor médio do estoque em processo, vezes custo do capital, dividido pela receita operacional líquida vezes 100%.
Custo do ciclo de vida (LCC)
A soma de todos os fatores de custo incorridos durante a expectativa de vida do maquinário.
Custo do pedido (Order cost)
Componente dos custos de suprimento. Custo relativo da estrutura necessária ao funcionamento do suprimento (ou custo por cada entrega realizada pelo fornecedor). Abrange custos como os de pedido e reclamações de compra, recebimento, controle de qualidade (inspeção de recebimento, movimentação de materiais, pagamentos, etc.).
Custo e frete (Cost and freight - C&F)
Termo que indica que o vendedor deve assumir todos os custos necessários para transportar a mercadoria ao local de destino designado, mas o risco de perdas e danos das mercadorias bem como qualquer aumento das despesas é transferido do vendedor ao comprador.
Custo interno de falha (Internal failure cost)
O custo das coisas indo erradas antes que o produto alcance o cliente final. Exemplos incluem sujeira. falhas de usinagem, refeitos em função da qualidade, peças expedidas erradas e trabalho não feito.
Custo logístico
É a somatória do custo do transporte, do custo de armazenagem e do custo de manutenção de estoque.
Custo padrão (Standard cost)
Custo orçado de uma operação, processo ou produto, incluindo material utilizado, custos de fabricação e as despesas gerais.
Custo para atender (Cost to serve)
Custo de atendimento a uma expectativa de nível de serviço ao cliente.
Custo por passagem (Cost Pass-Through)
Sistema de divisão de custos, onde o custo parcial de um palete é transferido do comprador para o recebedor da carga.
Custo por unidade estocada (Inventoried cost per unit)
Custo que representa o valor dos produtos, incluindo o preço de compra e os custos de transporte. No caso de produtos fabricados dentro da empresa, inclui os custos inerentes a esse processo.
Custo total da distribuição (Total cost of distribution)
A soma dos custo de aquisição, transporte e armazenagem no movimento dos produtos acabados através dos canais de distribuição até o destino final.
Custo total de propriedade (Total cost of ownership)
Soma dos gastos de posse e utilização de um equipamento. Abrange custos de aquisição, manutenção, melhorias, atualização, seguro, treinamento, etc.
Custo total de relacionamento (Total cost of relationship)
Custos totais da cadeia de abastecimento no relacionamento entre duas empresas.
Custo variável (Variable cost)
Custos operacionais que variam de acordo com a mudança de uma unidade no volume de produção (comissões de vendas, material consumido diretamente, etc.).
Custo-alvo (Target costing)
Um estratégico planejamento do lucro e um sistema de gerenciamento dos custos, que incorpora um estrito foco nas necessidades e valores dos clientes, e traduz estes requisitos na entrega de produtos e serviços. Também é empregado como um critério para projeto no desenvolvimento de produtos.
CVR
Cockpit Voice Recorder. É o aparelho usado nos aviões, que grava as conversas e os sons na cabine do piloto. É blindado para resistir aos maiores impactos. Junto com a "caixa-preta", ajuda a esclarecer no caso de acidente.