Terça-feira, 23 de janeiro de 2018
Dólar R$ 3,20
Euro R$ 3,92
Tecnologística no LinkedIn
Sexta-feira, 24 de fevereiro de 2006 - 15h34
Empresa anuncia investimentos

Operadora adquire 23 empilhadeiras para renovação e ampliação da frota

A operadora logística Columbia está anunciando um pacote de investimentos de R$ 15 milhões em 2006, que serão utilizados para a aquisição de novos equipamentos de movimentação, ampliação e modernização de seus armazéns e melhorias de gestão.

Ainda na área de infra-estrutura, outro investimento é a implantação de projetos de ampliação da verticalização de armazéns. No setor de tecnologia da informação, a empresa está introduzindo novos sistemas e softwares operacionais, administrativos e financeiros. Os investimentos contemplam ainda a realização de treinamentos intensivos e melhorias no programa de gerenciamento de riscos.

“Após um ano de grandes resultados, como foi 2005, daremos continuidade ao processo de melhoria contínua e busca da excelência operacional com foco nos clientes”, afirma Paulo Guedes, superintendente da empresa. No ano passado, a Columbia obteve um faturamento de cerca de R$ 177 milhões, com um crescimento de 9% na rentabilidade em comparação ao ano anterior. “Embora nosso faturamento tenha tido um decréscimo de 16%, conseqüência principal do encerramento de algumas atividades e da desvalorização do dólar, tivemos um importante resultado na rentabilidade, o que demonstra o acerto dos ajustes e investimentos feitos nos últimos anos”, explica Guedes. A empresa acrescenta que a expectativa em 2006 é alcançar um crescimento de cerca de 12% no faturamento anual.

Para atender ao aumento de demanda em suas diversas filiais, a Columbia está incorporando 23 empilhadeiras para ampliação e renovação de sua frota. Para a compra destas máquinas, foi feito um investimento de cerca de R$ 2 milhões. “Já possuíamos cerca de 80 equipamentos nas diversas unidades, fabricadas por diversas empresas, e estas 23 máquinas foram agora adquiridas de dois fornecedores”, afirma Cesar Rogério Rodrigues, gerente-geral do CL Alphaville.

Das 23 empilhadeiras, 16 são fabricadas pela Hyster e foram entregues no final do mês de janeiro. Todos os modelos são a combustão e 14 deles têm capacidade de 2,5 toneladas e os outros dois têm capacidade de três toneladas.
As outras sete empilhadeiras são elétricas e fabricadas pela Linde: quatro modelos são nacionais e serão entregues nos próximos dias, e os outros três são importados e têm previsão de entrega ainda neste primeiro trimestre. Os modelos nacionais têm capacidade de 1,7 tonelada e os importados, 1,6 tonelada e atingem altura máxima de oito metros. Tanto as empilhadeiras fabricadas pela Hyster quanto pela Linde possuem torre triplex.

Estas máquinas serão distribuídas entre as diversas unidades da Columbia: das 16 empilhadeiras da Hyster, 11 tiveram como destino o CL de Santos, duas o CL de Alphaville e as outras três foram enviadas para o interior do Estado de São Paulo(duas para Piracicaba e uma para Sumaré). As sete máquinas elétricas da Linde serão divididas entre os CLs de Alphaville (três), Campinas (duas), Santos (uma) e Sumaré (uma).

www.columbia.com.br
www.hyster.com.br
www.lindeempilhadeiras.com.br

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!