Quarta-feira, 24 de janeiro de 2018
Dólar R$ 3,23
Euro R$ 3,98
Tecnologística no LinkedIn
Sexta-feira, 23 de fevereiro de 2007 - 16h11
Ferrolease fecha acordo para compra de vagões

35 vagões estarão disponíveis para locação a partir de março

A Ferrolease, empresa de gerenciamento de frota que oferece serviços de aluguel de equipamentos ferroviários, está investindo R$ 10,5 milhões para a compra de 35 vagões-tanque. A previsão inicial era disponibilizar os vagões a partir do mês de abril, mas já foi revista para março: “Queremos antecipar a entrega em virtude da escassez desses equipamentos no mercado”, afirma Estefano Vaine Jr., presidente da empresa.

Segundo o presidente, o mercado de locação começou a se aquecer no país nos últimos dois anos e a perspectiva de expansão é grande. O crescimento da frota de vagões de junho de 2005 a junho de 2006, explica o presidente, foi de 6,2%, com a entrada em operação de mais de 4.800 unidades: “Somente o número de vagões de terceiros, alugados por clientes das ferrovias, foi de 2.291 nesse período”, exemplifica Vaine Jr.

Os vagões adquiridos pela Ferrolease são tanques de 86 m3 na bitola larga, que podem ser convertidos para operações na malha métrica, aumentando a flexibilidade das operações. A Amsted-Maxion é a responsável pela fabricação do cilindro do tanque e pela montagem de todos os componentes dos equipamentos. Para a fabricação dos subconjuntos de montagem, a Ferrolease contará com a Hewitt e outros fornecedores nacionais.

A opção pela compra de vagões-tanque foi tomada em virtude dos modelos trabalharem durante todo o ano – ao contrário do vagão graneleiro, cujo período de utilização é sazonal – e serem destinados para o transporte de produtos com maior valor agregado, como óleo de soja, combustíveis e álcool, além de segmentos nos quais se vislumbra um grande crescimento, como o biodiesel.

“Nossa expectativa é gerar um aumento de 40% no faturamento com essa aquisição”, acredita o presidente. Segundo ele, o volume de carga a ser transportado pelas ferrovias brasileiras deve crescer a taxas anuais de 7% nos próximos cinco anos, e a participação desse modal em relação aos outros deverá ser de 27% em 2010: “Esse aumento provocará uma demanda média de cinco mil vagões/ano, e é por essa expectativa que estamos nos preparando”.

Hoje, a empresa conta com 100 vagões hopper e 11 vagões-tanque de 55 m3, estes últimos rodando atualmente no trecho Paranaguá-Cascavel para o transporte principalmente de combustíveis e alguns tipos de óleo. Com a aquisição, a frota da Ferrolease passará a ser composta de 146 unidades.

www.ferrolease.com.br

 

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!