Sábado, 20 de outubro de 2018
Dólar R$ 3,71
Euro R$ 4,28
Tecnologística no LinkedIn
Quinta-feira, 8 de março de 2007 - 12h19
Tok&Stok inaugura CD para fracionados

Capacidade total de expedição passará a 1,5 milhão de peças por mês

Após investir fortemente no plano de expansão para a abertura de lojas e renovação das unidades antigas, a Tok&Stok, empresa do segmento de móveis e acessórios de design, acaba de ampliar a área de logística com a implantação de mais um centro de distribuição, inaugurado no final de fevereiro na cidade de Barueri (SP).

O novo CD possui área total construída de 6,3 mil m2, pé direito de oito metros, sete docas e uma rampa de acesso direto ao piso do galpão. Ele está organizado para alocar seis mil paletes, recebendo acessórios e produtos semipadronizados. A proposta é a de que ele seja responsável pelas operações fracionadas de mercadorias unitárias, como separação, etiquetagem, acondicionamento em embalagens e expedição a granel.

Já o centro de distribuição existente, de 21 mil m2 e localizado a 10 km das novas instalações em Barueri, será específico para atacado, ou seja, organizado para que o produto saia do estoque da mesma forma como entrou, sem manuseio.

“Esse CD era responsável por toda a armazenagem de produtos, para a distribuição em todo o Brasil”, explica Leopoldo Duarte, gerente de Logística da Tok&Stok. “Temos em nossa linha de produtos uma divisão que chamamos de móveis, que são peças embaladas unitariamente e que não sofrem troca de embalagem ou manuseio na entrada e saída. A outra divisão é de acessórios, cuja unidade de saída é diferente da de entrada, exigindo muito manuseio. O novo CD permitirá termos uma operação de alta velocidade para os produtos unitários e um CD de varejo no qual ocorrerá maior atividade”, explica o executivo.

O código de barras, a radiofreqüência e as tecnologias empregadas no novo centro serão as mesmas do atual. A Tok&Stok utiliza o WMS denominado EL (Estoque por Localização) para o gerenciamento do armazém e o GC, software de gestão comercial, ambos desenvolvidos internamente.

Para a inauguração do novo CD, a empresa investiu cerca de R$ 1,5 milhão e aumentou o quadro com a contratação de 30 novos funcionários. Foram compradas ainda duas empilhadeiras retráteis elétricas da Still, uma transpaleteira elétrica da Crown e um selecionador de pedidos da Skam, destinado ao kanban eletrônico para abastecer a área de separação.

A Tok&Stok adquiriu ainda seis mil posições-palete da Imsulpar para o novo CD – com esta compra, a empresa passará das atuais 18.500 posições-palete para cerca de 25 mil.

Capacidade ampliada

Segundo Duarte, o atual CD tem capacidade instalada de expedição mensal de um milhão de peças para lojas e clientes, das quais 700 mil peças são de acessórios e 300 mil de padronizados ou móveis. As operações são realizadas em três turnos, 24 horas por dia. Com a inauguração do CD, a previsão é aumentar a capacidade de expedição de acessórios para um milhão de peças por mês e a de padronizados, para 500 mil/mês; ou seja, a capacidade total de expedição passará para 1,5 milhão de peças mensais.

O novo CD irá operar em dois turnos, com maior capacidade por turno. “Com esse formato, a expectativa é a de que os processos ganhem maior agilidade e, ao mesmo tempo, sejam mais estratégicos, otimizando a logística para acompanhar com qualidade o crescimento da rede”, afirma Duarte.

As operações da Tok&Stok são próprias e atualmente a empresa conta com cerca de 420 funcionários no Departamento de Logística, trabalhando 24 horas por dia. A única exceção é no Rio de Janeiro, onde foi firmada parceria com um operador logístico para as operações de cross-docking, com armazéns e transporte de terceiros, mas com mão-de-obra da própria Tok&Stok.

Fundada em 1978, a Tok&Stok possui hoje cerca de 1.700 funcionários e 25 lojas espalhadas por 17 cidades no Sudeste, Nordeste, Sul e Centro-Oeste.

www.tokstok.com.br

 

 

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!