Sábado, 21 de abril de 2018
Dólar R$ 3,41
Euro R$ 4,19
Tecnologística no LinkedIn
Segunda-feira, 27 de abril de 2009 - 14h34
Expresso Araçatuba consolida malha para a Bolívia e amplia negócios com o Chile

Na Bolívia, Ruta 04 reduz custos e agilizar o transporte, enquanto o Chile já responde por 25% do faturamento do internacional

O Expresso Araçatuba anuncia que começou a operar de forma definitiva uma nova rota para os transportes entre os estados do Sul e do Sudeste do Brasil e as cidades bolivianas de Santa Cruz de La Sierra e La Paz. Segundo cálculos da empresa, o novo trajeto permite a redução em cerca de 10% dos custos da viagem. Além disso, a iniciativa promoverá a criação de uma filial do Araçatuba em Corumbá (MS).

A nova rota utiliza a estrada boliviana Ruta 04, que teve um trecho de 400 quilômetros entre as cidades de Puerto Suarez e San José dos Chiquitos asfaltado. De acordo com o gerente Geral de Operações, Evonir Kohl, até o ano passado essa estrada não tinha asfalto em toda a sua extensão, o que inviabilizava a operação. “Com a pavimentação, está sendo possível utilizá-la, o que significa uma redução de 678 km em cada viagem entre São Paulo e Santa Cruz de La Sierra em relação à rota usada anteriormente, que passava por Cáceres (MT)”, diz.

O executivo salienta que a utilização da estrada também permitirá acesso a outras cidades da Bolívia, como a capital, La Paz, e Cochabamba. “As viagens para o Peru também poderão ser otimizadas utilizando esse trecho”, resume. Outra vantagem, salienta Kohl, é a maior produtividade dos equipamentos, que trafegarão menos por estradas de terra, gerando um desgaste menor. Vale lembrar que na nova rota serão percorridos 233 km em estrada de terra, contra 460 km na via utilizada anteriormente.

A primeira viagem oficial utilizando a nova rota foi realizada entre os dias 17 e 22 de março.

Filial

A abertura da rota para a Bolívia também amplia a estrutura da companhia. O executivo conta que já está em fase de estudo a implantação de uma filial na cidade de Corumbá. Atualmente, a empresa opera na região com um posto avançado no município.

Procurado pela reportagem, o Expresso Araçatuba não informou os investimentos para a inauguração e mais detalhes sobre a unidade. Os produtos movimentados, expectativa de manipulação e nível de redução nos custos devido ao início das operações na rota também não foram divulgados.

Internacional

O transporte a partir do Brasil para os demais países da América do Sul vem ganhando força no Araçatuba. Além da Bolívia, que agora opera de forma regular, a empresa comemora os resultados obtidos nos trabalhos junto ao Chile. Nos três primeiros meses deste ano, o trecho passou a representar 25% do faturamento total da divisão internacional, contra 2% no mesmo período do ano passado.

Para o diretor de Vendas, Geraldo Corrêa, o crescimento do volume transportado é reflexo da ampliação dos negócios principalmente nos segmentos de cosméticos e produtos químicos. “Desde junho de 2008 aumentamos gradativamente os transportes deste tipo de carga para o Chile e essa procura se consolidou no primeiro trimestre de 2009”, explica.

Corrêa prevê que o crescimento deverá continuar no segundo trimestre, o que significa que o Chile poderá aumentar ainda mais a sua representatividade. “Além da retomada do mercado, que é esperada para o segundo trimestre, contaremos com fatores sazonais, como o dia das mães, data em que a procura por cosméticos é grande”, diz.

Os valores e volumes consolidados quanto à operação chilena não são revelados.

www.arex.com.br

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!