Segunda-feira, 16 de julho de 2018
Dólar R$ 3,85
Euro R$ 4,49
Tecnologística no LinkedIn
Terça-feira, 17 de maio de 2005 - 15h19
Recicladora de embalagens de defensivos agrícolas é inaugurada em Maringá

A cidade de Maringá (PR) inaugurou, no último dia 11 de maio, a primeira recicladora de embalagens de defensivos agrícolas da região Sul do País. Batizada de Cimflex, a nova instalação, com 200 m2, possui capacidade para processar 300 toneladas de embalagens por mês e irá gerar cerca de 40 empregos diretos. A empresa irá receber embalagens de todo o Estado do Paraná.

A nova fábrica produz eletrodutos corrugados (conduítes) de polietileno de alta densidade (PEAD), além da resina de PEAD, matéria-prima com ampla aplicação na produção de elementos utilizados na construção civil, como economizadores de concreto e cordas.

No Paraná, só nos três primeiros meses do ano já foram devolvidas 1.136 toneladas de embalagens, 25,2% do total devolvido em todo o País. Em 2004, o Paraná foi o Estado que mais devolveu embalagens vazias no Brasil, para reciclagem ou incineração. Foram devolvidas 3.482 toneladas de embalagens, 97% do volume que foi colocado no mercado.

A Cimflex é conveniada ao Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias, o inpEV, e foi ambientalmente licenciada para a reciclagem das embalagens plásticas provenientes do Sistema de Destinação Final de Embalagens Vazias de Agrotóxicos.

Este Sistema é gerido pelo inpEV, que é mantido pela indústria produtora de defensivos agrícolas. O instituto tem por objetivo gerenciar e dar um destino final às embalagens vazias dos defensivos agrícolas que a indústria produz. Para tanto, existem 326 postos de recebimento, que concentram as embalagens recolhidas e enviadas para lá pelos agricultores. De lá, o material é levado para os centros de triagem e então encaminhado para as fábricas recicladoras.

Além da Cimflex, o instituto conta atualmente com outras sete recicladoras parceiras e duas empresas incineradoras no programa, que cuidam do material que não pode ser reciclado. O inpEV foi criado para atender às determinações da Lei Federal 9.974/00, que dispõe sobre a responsabilidade pelo destino final de embalagens vazias de produtos tóxicos.

www.inpev.org.br
(11) 3069-4401

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!