Sábado, 21 de abril de 2018
Dólar R$ 3,41
Euro R$ 4,19
Tecnologística no LinkedIn
Terça-feira, 28 de junho de 2011 - 17h33
Rumo Logística anuncia plano de investimento
Companhia aplicará R$ 1,3 bilhão em melhorias e expansões de suas estruturas operacionais

A Rumo Logística, empresa do Grupo Cosan, apresentou hoje, dia 28 de junho, em Sumaré (SP), seu plano de investimento de R$ 1,3 bilhão – 70% provenientes do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e os 30% restantes de seus acionistas – para melhorias e expansão de sua estrutura. O projeto tem como meta potencializar o serviço logístico e alterar o modal de transporte – de rodoviário para ferroviário – do açúcar produzido na região Centro-Sul do Estado de São Paulo com destino ao Porto de Santos.

São diversas as iniciativas, previstas para serem realizadas até 2014. Segundo o presidente da Rumo Logística, Julio Fontana, R$ 590 milhões serão aplicados, em conjunto com a concessionária América Latina Logística (ALL), na duplicação de 200 km da malha que liga os municípios de Sumaré e Santos, R$ 400 milhões na compra de 50 locomotivas e 729 vagões – com capacidade para 100 toneladas cada –, R$ 60 milhões destinados à cobertura do terminal portuário operado na Baixada Santista (leia mais aqui) e R$ 200 milhões na construção de um terminal intermodal na cidade de Itirapina (SP). A nova estrutura no interior paulista, que deve iniciar as operações no próximo mês de novembro, merece destaque. “Teremos quatro armazéns com capacidade para estocar um total de 600 mil tde açúcar”, diz Fontana. Ao todo, completa o presidente, a expectativa é a de que o local movimente 12 milhões de t ao ano. Itirapina chega para completar o portfólio de terminais hoje disponíveis na Rumo, que conta, ainda, com estruturas nas cidade paulistas de Sumaré, Jaú, Pradópolis, Fernandópolis, Araraquara e Barretos. “Teremos mais um, mas ainda não podemos anunciar onde estará instalado”, conta Fontana. Ao todo, o parque de estocagem da companhia possui, atualmente, capacidade para dois milhões de t estáticas. Há outra novidade. O presidente da Rumo adianta que o operador logístico investirá, também, na construção de pátios de manobra. O valor destinado e o número de pátios que serão concebidos ainda não foram definidos. “Esses locais nos permitirão operar com 120 vagões. Hoje, nossas composições têm 85”, afirma. Para Fontana, os investimentos irão alterar a matriz de transporte de açúcar no Estado de São Paulo. O executivo divulga números para ilustrar. De acordo com ele, em 2010 a Rumo movimentou nove milhões de t, sendo cinco milhões por ferrovia. Para este ano, a expectativa é operar um total de 11 milhões de t, com sete milhões sendo transportadas por vagões. “Em 2014, nossa meta é movimentar 11 milhões de t por ferrovia de um total de 20 milhões de t operadas”, calcula. Governo estadual Presente ao evento, o governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, comemorou o anúncio da aplicação dos recursos. “Os investimentos da Rumo trarão mais eficiência”, resume. O gestor estadual foi além. Para ele, o papel da administração pública é atrair a iniciativa privada, mais ágil, para realizar as ações. “Atuamos de forma complementar, devemos regulamentar e fiscalizar as atividades”, reforça. www.rumologistica.com.br
Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!