Terça-feira, 23 de outubro de 2018
Dólar R$ 3,69
Euro R$ 4,24
Tecnologística no LinkedIn
Sexta-feira, 16 de dezembro de 2011 - 9h51
Eaton assina contrato para participar da ampliação do Canal do Panamá
Acordo, orçado em US$ 27 milhões, estabelece que a companhia realize o desenho dos equipamentos, das redes elétricas e preste serviços de engenharia

A Eaton Corporation, fabricante industrial e companhia de gerenciamento de energia diversificada, informa que assinou um contrato de três anos, no valor de US$ 27 milhões, para realizar o desenho dos equipamentos, das redes elétricas, além de prestar serviços de engenharia para a distribuição e controle de energia elétrica nas áreas do Atlântico e do Pacífico para a ampliação do Canal do Panamá.

A obra será realizada em conjunto com o Grupo Unidos por el Canal (GUPC), responsável pelo projeto de ampliação do canal, estimado para ser finalizado em outubro de 2014, quando acontecerá o centenário de sua abertura.

A ampliação criará uma nova via de tráfego de embarcações por meio do canal e mediante a construção de uma série de eclusas, que duplicará a capacidade da travessia, permitindo a navegação de maior quantidade de navios de grande porte.

O objetivo da ampliação é garantir a competitividade econômica do Canal do Panamá. O projeto permitirá que as rotas que passam pelo local sejam adaptadas aos tamanhos das embarcações, possibilitando, também, maior tonelagem transportada. O projeto ajudará, ainda, a proteger e conservar os recursos aquáticos da bacia do canal. Um novo sistema de eficiência da água proporcionará redução de 7% no consumo, além de reciclar 60% do recurso natural em cada trânsito.

“O Canal do Panamá sempre foi um símbolo da engenharia humana e do comércio global, e a Eaton está orgulhosa por ser a empresa escolhida para ajudar a melhorar sua eficiência e viabilidade para o futuro”, diz Rich Stinson, presidente de Operações de Distribuição de Energia da Eaton Corporation.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!