Terça-feira, 24 de abril de 2018
Dólar R$ 3,46
Euro R$ 4,24
Tecnologística no LinkedIn
Segunda-feira, 14 de maio de 2012 - 11h43
ALL registra acréscimo de 7,6% em suas operações
Brado e Ritmo impulsionam crescimento da companhia no primeiro trimestre de 2012

A América Latina Logística (ALL) registrou, no primeiro trimestre de 2012, um crescimento de 7,6% no volume de suas operações no Brasil em relação ao mesmo período de 2011. A operadora logística alcançou 9,2 bilhões de TKUs entre janeiro e março deste ano.

A geração operacional de caixa consolidada atingiu R$ 320,8 milhões no período, um acréscimo de 6,4% frente aos R$ 301,7 milhões dos três primeiros meses de 2011. O crescimento foi impulsionado pelo maior volume transportado na operação ferroviária brasileira – em função de ganhos de participação de mercado no segmento agrícola e de melhorias na produtividade dos vagões e locomotivas, que aumentaram a capacidade total de transporte da malha ferroviária – e pelos resultados da Brado e da Ritmo, empresas criadas pela ALL em 2011.

Subsidiária que presta serviços de logística intermodal de contêineres, a Brado aumentou seu volume em 16,7% no primeiro trimestre, atingindo 12,2 mil contêineres. A geração operacional de caixa da Brado cresceu 18,4% no trimestre, atingindo R$ 9,1 milhões no primeiro trimestre do ano quando comparado a 2011. Já a Ritmo, que atua no transporte rodoviário de cargas, registrou um crescimento de 10,7% no volume, atingindo 16,9 milhões de quilômetros rodados com uma geração operacional de caixa de R$5,6 milhões.

Para manter o crescimento, a ALL anuncia a pretensão de investir R$ 650 milhões no segmento ferroviário e cerca de R$150 milhões para finalizar as obras do terminal da companhia em Rondonópolis (MT), que devem ser concluídas até o final do ano. A novidade ocupará uma área de 150 mil m² e, inicialmente, movimentará dois mil contêineres por mês, com o objetivo de prestar suporte às operações da ALL.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!