Domingo, 22 de abril de 2018
Dólar R$ 3,41
Euro R$ 4,18
Tecnologística no LinkedIn
Segunda-feira, 4 de junho de 2012 - 12h28
ALL inaugura trecho ferroviário no Centro-Oeste
Trilhos entre Alto Araguaia e Itiquira, no Mato Grosso, fazem parte do projeto de expansão Malha Norte da companhia

A América Latina Logística (ALL) inaugurou, em cerimônia realizada no último sábado, dia 2 de junho, o trecho ferroviário de 120 km entre os municípios do Alto Araguaia e de Itiquira. A novidade deve beneficiar os produtores da região sul do Estado do Mato Grosso em um raio de 200 km, reduzindo os custos do escoamento com a diminuição do percurso realizado por caminhão até o embarque ferroviário.

O novo trecho integra o projeto Malha Norte da ALL, que prevê o prolongamento da malha ferroviária brasileira ligando o Alto Araguaia a Rondonópolis (MT). Ao todo, devem ser investidos R$700 milhões, em 260 quilômetros de malha ferroviária. Com obras já em andamento, o trecho que segue de Itiquira até Rondonópolis deve ser entregue ainda 2012. Entre os marcos dessa última etapa, a ALL destaca a construção da ponte sobre o Rio Itiquira, com 205 metros e sete vãos de 29 m, concluída em março deste ano.

Para o presidente da ALL, Eduardo Pelleissone, a inauguração do trecho entre Alto Araguaia e Itiquira é um marco para a empresa. “Completamos mais uma etapa do projeto de expansão da Malha Norte, sonho iniciado em 2009. Mas, sobretudo, posicionamos a ALL mais próxima dos produtores agrícolas do Mato Grosso, carentes de soluções logísticas adequadas para uma exportação competitiva”, explica.

Novo terminal

No mesmo dia, a Seara, empresa especializada em logística, transporte e comercialização de grãos e insumos agrícolas sediada em Sertanópolis (PR), inaugurou seu novo Terminal Rodoferroviário de grãos na cidade de Itiquira. Construído e operado pela Seara, o terminal possui aproximadamente 6 km de extensão, e está localizado em uma área de quase 70 hectares.

“Com uma capacidade estática de 100 mil toneladas por dia e movimentação estimada de 2,5 milhões de t por ano, o terminal conecta a ferrovia à rodovia MT-299, atraindo o principal fluxo da região, que é a soja em direção ao Porto de Santos (SP), mas também de outros grãos, como o milho”, conta o presidente da Seara, Santos Zanin Neto.

Trata-se do terceiro terminal rodoferroviário interligado à malha da ALL no Mato Grosso, somando-se ao de Alto Taquari, em operação desde 2000, e ao de Alto Araguaia, de 2003, ambos pertencentes à operadora.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!