Terça-feira, 23 de janeiro de 2018
Dólar R$ 3,20
Euro R$ 3,92
Tecnologística no LinkedIn
Quarta-feira, 6 de junho de 2012 - 12h13
Panalpina disponibiliza em sua malha primeiro Boeing 747-8F
Aeronave, operada pela Atlas Air, tem capacidade de carga 16% superior frente ao modelo anteriormente empregado, o 747-400F

A Panalpina anuncia que recebeu, no último dia 30 de maio, em Everett, nos Estados Unidos, cidade sede da Boeing, o primeiro dos dois cargueiros 747-8F que serão aplicados na rede própria de frete aéreo controlada pela companhia. Trata-se da primeira aeronave com o nome e o logotipo da Panalpina operando. O avião, prefixo N850GT, decolou de Everett com destino a Hong Kong. Lá, foi batizada de Spirit of Panalpina e entrou imediatamente em serviço. Da Ásia, o Boeing voou para Luxemburgo com a primeira carga a bordo. O avião está sendo alocado, neste primeiro momento, na rota entre Luxemburgo e Huntsville, nos Estados Unidos.

A ação começou a ser estruturada em setembro de 2011, data em que a Panalpina e a Atlas Air, fornecedora de aeronaves terceirizadas e serviços de operação em aviação, assinaram um acordo de locação com tripulação para dois cargueiros Boeing 747-8F. Os novos modelos chegam para substituir os dois cargueiros da geração anterior 747-400F. A entrega do segundo 747-8F está prevista ainda para 2012.

Diferenciais

O Boeing 747-8F tem capacidade de carga 16% superior quando comparada ao 747-400F, modelo anteriormente empregado. Além disso, é ecologicamente correto, com melhorias de dois dígitos em eficiência de combustível e emissão de CO2 e uma redução de 30% dos ruídos. Além disso, conta com duas faixas de temperatura controlada que podem ser mantidas ao mesmo tempo: uma para 2 a 8 graus Celsius (cadeia fria) e outra para 15 a 25 graus Celsius (temperatura ambiente controlada).

Segundo a CEO da Panalpina, Monika Ribar, a empresa, agora, combina sua expertise, rede global e know-how específico do setor com o melhor cargueiro que o setor da aviação tem a oferecer. “Isso é muito empolgante e abre novos horizontes para soluções flexíveis e inovadoras em frete aéreo, especialmente para nossos clientes nos setores de Healthcare, Hi-Tech, Automotivo e Petróleo e Gás”, diz.

O COO da Panalpina, Karl Weyeneth, salienta que para os clientes desses setores, a confiança no frete aéreo é especialmente importante. “Oferecemos tempo rápido de resposta e reação, menores tempos de espera no geral para todos os continentes e países, e controle total sobre todo o processo de ponta a ponta. Cumprimos com os mais rigorosos padrões de segurança e estamos em conformidade com os regulamentos de Boas Práticas de Distribuição. Além disso, o uso da mais recente tecnologia garante que o impacto ambiental seja o menor possível”, afirma.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!