Quarta-feira, 24 de janeiro de 2018
Dólar R$ 3,23
Euro R$ 3,99
Tecnologística no LinkedIn
Sexta-feira, 20 de julho de 2012 - 11h42
ALL duplica trecho ferroviário entre Perequê e Cubatão
Obra deve dobrar a capacidade de circulação na ferrovia localizada na margem direita do Porto de Santos

A América Latina Logística (ALL), em conjunto com a Rumo Logística, concluirá, neste mês de julho, o primeiro trecho de duplicação da via férrea que liga Perequê a Cubatão, na Baixada Santista (SP). Com investimentos de R$ 26 milhões, o projeto inclui ainda a revitalização da linha, melhorias no sistema de drenagem e elevação da plataforma ferroviária.

As obras devem elevar de 30 para 60 o número de trens em circulação na margem direita do Porto de Santos. “A duplicação viabiliza um aumento significativo no volume total movimentado por ferrovia no porto de Santos, principalmente no segmento de açúcar a granel” analisa o gerente da Unidade de Produção da ALL em Santos, Leonardo Pires do Prado. “Além dos ganhos de produtividade, é importante destacar o aumento na segurança, com a melhoria da infraestrutura da plataforma, utilização de materiais e equipamentos novos e o cercamento e segregação da ferrovia no perímetro urbano”, completa o superintendente de Projetos e Infraestrutura da ALL, Sildomar Arruda.

O projeto, que teve início em janeiro de 2011, abrange uma extensão de 11,5 km de ferrovia. Ao todo, foram utilizados 31 mil metros de trilhos e 26 mil dormentes produzidos com madeira reflorestada. As obras preveem ainda medidas ambientais compensatórias, como plantio de árvores em áreas de preservação permanente, prevenção e controle de erosões, controle de emissões atmosféricas, ruídos e vibrações, programa de gerenciamento de resíduos sólidos e monitoramento de águas superficiais, além de educação ambiental para a comunidade no entorno da ferrovia e para os colaboradores. O projeto, que apresenta programa de contratação de mão-de-obra local, envolve um total de 180 trabalhadores.

A reestruturação da ferrovia entre Perequê e Cubatão integra o projeto de duplicação da malha que liga os municípios de Itirapina e Campinas com Santos, com extensão de 383 km. O projeto, que faz parte da segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC2) do Governo Federal, conta com investimentos totais de R$ 535 milhões e irá ampliar em duas vezes a capacidade total da malha. A expectativa é tornar a exportação brasileira mais competitiva, além de retirar da rodovia cerca de 1.500 caminhões.

A ALL realizará, em outubro próximo, a duplicação do trecho de aproximadamente 4 km de extensão na margem direita do Porto de Santos, de Cubatão a Valongo.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!