Terça-feira, 23 de outubro de 2018
Dólar R$ 3,69
Euro R$ 4,24
Tecnologística no LinkedIn
Terça-feira, 7 de agosto de 2012 - 12h52
TGestiona passa a atuar em novo segmento
Empresa recebe certificação da Anvisa para atuar com produtos farmacêuticos, cosméticos e de higiene

A TGestiona, empresa de logística do Grupo Telefônica especializada em artigos eletroeletrônicos, anunciou, no início do mês de agosto, a obtenção do certificado da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para atuar no transporte de produtos do segmento de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos.

Os processos de regularização para a conquista da Autorização de Funcionamento de Empresa (AFE) começaram em 2011, com a contratação de um responsável técnico pelas adequações físicas, veiculares e regulatórias, conforme determinação da Anvisa.

Segundo o diretor de logística da TGestiona, Maurício Pastorello, trata-se de um segmento com baixa sazonalidade, volume de carga crescente e ampla diversificação e rotatividade de produtos, o que faz com que as companhias priorizem a terceirização das operações logísticas, justificando o interesse da empresa no setor. “Além disso, a distribuição, hoje em dia, vai além das entregas tradicionais. O mercado cresceu bastante devido à venda direta e ao grande número de lojas especializadas, o que aumenta a necessidade de um processo logístico perfeitamente alinhado com os setores de produção e de venda”, completa o executivo.

Segundo dados da Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec), o segmento deve crescer cerca de 5% até 2015, saltando dos R$ 29,4 bilhões registrados em 2011 para R$ 50 bilhões.

A TGestiona vai aproveitar a malha já atendida, como em shopping centers, por exemplo, para compartilhar suas cargas e atender ao novo segmento. Especializada em transporte, distribuição, gestão de estoques, instalação, e-commerce e logística reversa, a empresa atende clientes como Vivo, Telefônica SP, Atento, TVA, Lenovo, Dell, Positivo, ZTE, Motorola, Samsung e Sony Ericsson, entre outros. Com faturamento de mais de R$ 236 milhões anuais, emprega 1,6 mil funcionários no Brasil e está presente também na Espanha, Peru, Argentina, Chile e Colômbia.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!