Terça-feira, 17 de julho de 2018
Dólar R$ 3,85
Euro R$ 4,51
Tecnologística no LinkedIn
Sexta-feira, 24 de agosto de 2012 - 12h06
Brado inicia operações com açúcar em Araraquara
O terminal embarca a commodity em trens até o Porto de Santos

A Brado anunciou, no dia 22 de agosto, o início das operações com açúcar em seu Terminal Intermodal instalado na cidade de Araraquara (SP). A commodity será transportada por ferrovia dentro de contêineres da cidade do interior paulista até o Porto de Santos (SP).

O açúcar chega até o terminal da Brado, inaugurado no dia 8 de março, em carretas porta-contêineres vindas das usinas. Outra opção é a estufagem ser realizada diretamente na indústria. A expectativa é que sejam movimentados cerca de 1.500 contêineres todos os meses.

“O açúcar tende a ser uma das cargas de maior volume da companhia”, analisa o gerente de Corredor Larga da Brado, Théo Camurça. “Todas as características operacionais somadas ao saving proporcionado pela ferrovia oferecem soluções valiosas aos exportadores. Estamos contribuindo para a redução de gargalos logísticos e tornando as cargas brasileiras mais competitivas”, completa o executivo.

As operações com açúcar no Terminal Intermodal de Araraquara serão feitas com vagões Spine Car 80’, com capacidade para até 130 toneladas. Segundo a Brado, as operações devem passar a ser diárias à medida que o volume transportado aumente. As composições ferroviárias que realizam as operações foram desenvolvidas para carregar dois contêineres de 40’ ou até quatro de 20’.

O terminal possui 242 mil m² de área operacional e capacidade para operar 2 mil contêineres por mês. Além de Araraquara, ele atende as cidades paulistas de Américo Brasiliense, São José do Rio Preto, Ribeirão Preto, Barretos e também a região sul de Minas Gerais. As operações envolvem cargas de açúcar, carne, papel e cítricos, destinadas, principalmente, à exportação pelo Porto de Santos.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!