Terça-feira, 23 de janeiro de 2018
Dólar R$ 3,20
Euro R$ 3,92
Tecnologística no LinkedIn
Quinta-feira, 9 de maio de 2013 - 12h25
Setor ferroviário conta com novo fornecedor de tecnologia
Integração das empresas ALL Rail, Daiken e Engesis forma a Alta Rail Technology

A partir da união de três empresas brasileiras especializadas em tecnologia integrada para o setor ferroviário, o segmento passou a contar, neste mês de maio, com um novo player. A ALL Rail Technology, a Daiken Ferroviária e a Engesis Engenharia de Sistemas se juntaram para formar a Alta Rail Technology (ART).

A formação da empresa contou com investimentos do gestor de fundos de capital de risco em mercados emergentes Darby Private Equity, que contará com uma parcela minoritária na ART. As negociações demandaram um aporte de cerca de R$ 30 milhões.

A empresa conta com uma gama de produtos que abrange equipamentos, sistemas e serviços voltados para segurança, redução de custos e produtividade em todo o ciclo do transporte ferroviário de cargas. O portfólio da ART inclui computadores de bordo, módulos de comunicação e softwares para gerenciamento de ativos, indicadores de performance, planejamento, manutenção e centros de controle.

Segundo o CEO da empresa, Carlos Henrique Corrêa, o domínio tecnológico da ART deve proporcionar grandes oportunidades de negócios tanto no Brasil quanto no exterior. De acordo com a atual carteira de clientes, aproximadamente 70% do faturamento de 2013 deve ter origem fora do território nacional. Como parte de seu plano de crescimento, a ART anuncia que buscará parcerias com integradores de soluções e consultorias ferroviárias em diversos países, além de estabelecer uma aproximação com potenciais clientes no mercado norte-americano.

Corrêa destaca que a experiência e a forte presença na América Latina das três empresas que formaram a ART, além de proporcionarem vantagens competitivas, contribuirão também para o desenvolvimento do modal ferroviário como um todo, colaborando com a padronização e trazendo inovações para o setor.

Sediada na cidade de Colombo, na região metropolitana de Curitiba, a ART conta com uma equipe formada por 100 especialistas. A empresa já nasce com uma carteira de clientes espalhados pelas Américas, África, Ásia e Oceania com mais de 1.800 locomotivas, 32 mil vagões e 25 mil km de malha ferroviária gerenciada por seus produtos. Sem revelar números consolidados, a ART projeta um crescimento superior a 100% no volume de negócios até 2015.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!