Sábado, 21 de julho de 2018
Dólar R$ 3,77
Euro R$ 4,41
Tecnologística no LinkedIn
Quarta-feira, 5 de junho de 2013 - 13h13
Aeroporto de Dallas quer ampliar presença brasileira
Durante evento realizado em São Paulo, delegação norte-americana falou sobre interesse na aproximação econômica com os países da América Latina

Ontem, 4 de junho, uma delegação formada por autoridades governamentais e executivos norte-americanos estiveram em São Paulo para apresentar as vantagens comerciais do Dallas-Fort Worth International Airport (DFW), dando um panorama da região do Texas, onde o aeroporto se localiza, e declarando o interesse de que esse terminal seja a porta de entrada para o mercado norte-americano.

A delegação, composta pelo prefeito da cidade de Dallas, Mike Rawlings, pela prefeita da cidade de Fort Worth, Betsy Prince, pela membro do conselho do DFW International Airport, Bernice J. Washington, e pelo vice-presidente executivo do DFW International Airport, Phil Ritter, visa estreitar e fortalecer os laços com empresários e autoridades brasileiras, buscando o reconhecimento do potencial do DFW para os negócios.

Entre as vantagens apresentadas, destacou-se a estrutura logística do aeroporto que é o 29º maior hub de carga do mundo e o segundo maior dos Estados Unidos. O DFW possui um centro de transporte e logística no qual operam 17 companhias aéreas de carga. Além disso, a posição estratégica do aeroporto, próximo ao cruzamento de cinco importantes rodovias interestaduais dos EUA, com acesso aos 50 principais mercados americanos, facilita o escoamento de cargas.

Outro ponto que mereceu destaque foram as exportações para a América do Sul que, nos últimos três anos, tiveram aumento considerável. “O comércio de carga aérea do DFW com a América do Sul é impulsionado por exportações, sendo 65% delas em categorias como equipamentos petrolíferos, bens industriais e equipamentos elétricos”, ressalta o vice-presidente executivo do DFW International Airport, Phil Ritter.

Ainda segundo Ritter, o Brasil é um importante parceiro comercial para os Estados Unidos e o Texas. Atualmente, de toda a carga proveniente da América do Sul, que entra nesse aeroporto norte-americano, 57% são do Brasil que, completa o executivo, é o 4º maior mercado exportador para o Estado do Texas, com mais de US$ 10 bilhões registrados em 2012.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!