Sexta-feira, 20 de abril de 2018
Dólar R$ 3,41
Euro R$ 4,19
Tecnologística no LinkedIn
Terça-feira, 18 de fevereiro de 2014 - 15h12
Segundo Antaq, movimentação portuária cresceu 2,9% em 2013
Dados fazem parte do Anuário Estatístico Aquaviário, apresentado hoje pela agência

A Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) divulgou hoje, dia 18 de fevereiro, em Brasília, o Anuário Estatístico Aquaviário 2013, levantamento que apresenta o desempenho portuário nacional do último ano, além da quantidade de carga transportada nas navegações marítima e interior.

O setor portuário nacional movimentou 931 milhões de toneladas em 2013, aumento de 2,9% na comparação com o ano anterior, quando foram transportadas 904 milhões de t. De acordo com a Antaq, o setor vem apresentando crescimento nos últimos quatro anos. Em 2010, foram transportadas aproximadamente 834 milhões de t. No ano seguinte, esse número alcançou a marca de 886 milhões de t.

Do total de 931 milhões de t registradas em 2013, 338 milhões passaram pelos portos organizados e 593 milhões foram responsabilidade dos terminais de uso privado (TUPs). Os números representam crescimento em ambos os casos, diante das 316 milhões de t transportadas pelos portos em 2012 e das 588 milhões nos TUPs.

Segundo a Gerência de Estudos e Desempenho Portuário da Antaq, responsável pelo estudo, as mercadorias mais movimentadas em 2013 foram minério de ferro, combustíveis e óleos minerais, contêineres, soja, bauxita, milho, fertilizantes e adubos, açúcar, carvão mineral, farelo de soja, produtos siderúrgicos, celulose, coque de petróleo, trigo e produtos químicos orgânicos.

A cabotagem brasileira transportou um total 141 milhões de t no ano passado, crescimento de 1,72% em relação a 2012, com 139 milhões. No longo curso, as exportações brasileiras por via marítima totalizaram 532 milhões de t, um incremento de 1,27% em relação ao ano anterior. Já as importações brasileiras por via marítima foram de 152 milhões de t no acumulado do último ano, o que representou um incremento de 5% em relação a 2012.

As vias interiores brasileiras apresentaram um decréscimo de 2,84% em 2013. Foram movimentadas 78 milhões de t. Já em 2012, o número alcançou 80,9 milhões. A cabotagem e o longo curso em vias interiores foram responsáveis por essa queda, com uma redução de 6,8% e 9,5%, respectivamente, em relação a 2012.

Porém, as cargas de navegação interior apresentaram crescimento de 9,5%. Em 2012, foram movimentados 25,2 milhões de t. No ano passado, a modalidade transportou um total de 27,5 milhões de t.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!