Segunda-feira, 22 de janeiro de 2018
Dólar R$ 3,20
Euro R$ 3,92
Tecnologística no LinkedIn
Quarta-feira, 25 de junho de 2014 - 14h57
TCP inaugura novo cais de atracação
Estrutura faz parte do projeto de expansão e modernização do terminal, com investimentos de cerca de R$ 365 milhões

O Terminal de Contêineres de Paranaguá (TCP), localizado no Porto de Paranaguá (PR), inaugura hoje, dia 25 de junho, seu novo cais. A partir de agora, a estrutura passa a contar com 879 m em seus três berços de atracação, frente aos 564 m até então. Simultaneamente, o TCP inaugura três dolphins para a atracação exclusiva de navios destinados a operação com veículos.

As novidades fazem parte de um projeto de expansão e modernização que conta com investimentos privados de cerca de R$ 365 milhões e tem como objetivo transformar o terminal paranaense em um dos mais completos operadores logísticos do setor portuário nacional. Com o novo cais, o TCP está apto a receber simultaneamente até três dos maiores navios de contêineres que realizam o comércio internacional na América Latina.

De acordo com o diretor superintendente do terminal, Juarez Moraes e Silva, a ampliação permite aumentar a capacidade para 1,5 milhão de TEUs ao ano. Hoje, a demanda observada é de aproximadamente 800 mil TEUs. “Estamos preparados para atender a demanda pelos próximos dez anos”, comemora o executivo.

As obras de ampliação do cais de atracação, com custo de R$ 160 milhões, tiveram início em 2012. Além do aporte destinado à estrutura, o projeto de expansão do TCP incluiu a aquisição de equipamentos como os dolphins e também portêineres e transtêineres de última geração. O terminal investiu ainda em uma série de projetos de melhoria contínua, como programas de treinamento e capacitação, tecnologia da informação e sensíveis melhorias na gestão e nos serviços aos clientes.

“Eliminamos as filas de caminhões com a implantação de sistemas de OCR (reconhecimento ótico de caracteres), balanças eletrônicas, um sistema de agendamento prévio para movimentação de contêineres no pátio e melhorias no fluxo viário de Paranaguá”, destaca Moraes e Silva.

Por fim, o TCP também procurou otimizar seu atendimento, utilizando o faturamento eletrônico, a disponibilização de serviços via internet e a implantação de um Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) para prestar suporte aos clientes, garantindo que 98% dos quatro mil atendimentos mensais feitos pelo terminal sejam realizados em até quatro horas a partir de cada chamada.

Com 320 mil m² de área, o TCP tem como acionistas as companhias Advent International, Pattac Empreendimentos e Participações, TUC Participações Portuárias, Soifer Participações Societárias, Group Maritim TCB e Galigrain.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!