Segunda-feira, 16 de julho de 2018
Dólar R$ 3,85
Euro R$ 4,49
Tecnologística no LinkedIn
Sexta-feira, 1 de agosto de 2014 - 10h59
Viracopos investe em seu complexo frigorífico
Duas câmaras e uma antecâmara demandaram investimentos de R$ 4 milhões; capacidade de armazenagem, agora, é de 21 mil m³

A Aeroportos Brasil, concessionária responsável pela gestão do Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), inaugurou ontem, 31 de julho, três estruturas em seu complexo frigorífico destinado à importação. Com investimentos de R$ 4 milhões, a área foi dotada com mais duas câmaras, com capacidade para 1.400 m³ cada e que operam entre 0º e 22º, e uma antecâmara de 5.200 m³, com temperatura controlada entre 16º e 22º. Ao todo, o complexo frigorífico do terminal campineiro disponibiliza, agora, 21 mil m³ em 11 câmaras.

Segundo o diretor de Operações da Aeroportos Brasil, Marcelo Mota, o terminal de cargas (Teca) de Viracopos movimenta, por mês, 13 mil toneladas. “Antes da inauguração, os produtos refrigerados e congelados representavam 6% desta movimentação. Hoje, esta representatividade é de 8%”, diz.

Há outras novidades. De acordo com Mota, além dos investimentos feitos na infraestrutura, a companhia alterou a metodologia de armazenagem para produtos da linha saúde. “Isso vai permitir o armazenamento segregado entre as diferentes famílias desses produtos”, explica. Além disso, continua, o Manual de Boas Práticas de Armazenagem para estes itens foi reformulado e a equipe operacional recebeu treinamentos específicos para este tipo de carga.

Desde o início da administração de Viracopos, há dois anos, a concessionária investiu cerca de R$ 30 milhões em reformas e na compra de equipamentos. Entre as ações, destaque para a ampliação da cobertura na área de importação, o que expandiu em 8 mil m² o espaço destinado às movimentações. Segundo Mota, nos próximos meses, a companhia irá investir mais R$ 30 milhões em obras e compra de maquinário.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!