Quinta-feira, 26 de abril de 2018
Dólar R$ 3,48
Euro R$ 4,24
Tecnologística no LinkedIn
Segunda-feira, 24 de novembro de 2014 - 10h02
BTP finaliza obras de melhoria na Avenida Perimetral da Alemoa
Entre os resultados da reforma estão o nivelamento das pistas do trecho do terminal, implantação de rede de drenagem e troca de pavimento

A Brasil Terminal Portuário (BTP) concluiu, no mês de outubro, a reforma da Avenida Perimetral da Alemoa. Os trabalhos de melhoramento viário integram um plano mais amplo de obras de infraestrutura do Porto de Santos, conduzido pela Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp).

Entre os principais benefícios desta reforma estão o nivelamento das pistas no trecho do terminal, implantação de rede de drenagem para escoamento de água nas pistas, troca de pavimento com substituição de paralelepípedo por asfalto, ampliação da avenida com a construção de uma faixa adicional no sentido Centro-Via Anchieta e intensificação da iluminação e sinalização do local, além da implantação de semáforo para conversão.

Juntamente com a Codesp, a BTP promoveu a reforma de aproximadamente 1 km do trecho da avenida, investindo cerca de R$ 8,8 milhões. A realização desta obra promove mais segurança e fluidez no tráfego, redução de ruídos e maior conforto aos usuários. “Mesmo após pouco tempo desde a conclusão das obras, já é possível notar grande melhoria no acesso de veículos ao terminal e no fluxo da região”, diz Cristhiane Vojevodovas, gerente de Infraestrutura da BTP.

Um dos desafios enfrentados para a realização da obra foi a constante variação climática durante o período. "Diante de um rígido controle de qualidade, para correta continuidade da obra, cada camada do pavimento só era liberada após aprovação dos ensaios tecnológicos do solo, por isso o desafio era ainda maior mediante as constantes chuvas ocorridas no período", conta Cristhiane. Com a reforma concluída, a BTP passa novamente o trecho da avenida à Codesp, responsável pela gestão das vias de acesso da Alemoa.

Projeto

A reforma, iniciada em setembro de 2013 como oferta da BTP à melhoria ao acesso viário do Porto de Santos, foi dividida em cinco fases para execução sem interferência no tráfego local e teve como objetivo a reconstrução de aproximadamente um quilômetro de extensão das pistas frontais ao terminal da BTP, incluindo as quatro faixas de rolamento para entrada no Porto de Santos.

Uma pista adicional foi acrescida às duas faixas de saída já existentes, no sentido Centro-Via Anchieta, resultando em três faixas. No total, a via conta agora com sete pistas de entrada e saída.

Foi implantada uma rede de drenagem adequada para o escoamento de água das pistas, que está sob responsabilidade da Codesp, assim como toda a avenida. O pavimento de paralelepípedos foi substituído por asfalto em toda a extensão do trecho e o nivelamento das pistas da avenida, com a implantação de semáforo atuado (automaticamente adaptável ao volume de tráfego identificado em cada sentido) para conversão, e iluminação no local de acordo com as normas nacionais.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!