Segunda-feira, 16 de julho de 2018
Dólar R$ 3,85
Euro R$ 4,49
Tecnologística no LinkedIn
Sexta-feira, 28 de novembro de 2014 - 9h46
GR Properties inaugura condomínio em Carapicuíba
Estrutura modular possui mais de 33 mil m² de área construída

A incorporadora GR Properties inaugurou hoje, dia 28 de novembro, o condomínio logístico GR Rodoanel, situado no município de Carapicuíba (SP). Trata-se do quinto empreendimento do tipo lançado pela empresa, que já conta com os condomínios GR Jundiaí, GR Campinas, GR Campinas 2 e GR Louveira.

O GR Rodoanel demandou investimentos de R$ 67 milhões e apresenta área construída de 33.189 m² em um terreno de 52.800 m². O espaço é dividido em 20 módulos flexíveis que vão de 1.363 m² a 2.369 m². É possível também que o cliente ocupe áreas contínuas e sem divisórias de até dez módulos, totalizando 16.214 m².

GR Rodoanel capa

A estrutura apresenta pé-direito livre de 12 metros, piso de alta resistência com capacidade para até seis toneladas por m² e nivelamento a laser, uma doca para cada 500 m² de área de armazenagem e mezaninos, além de itens como sistema completo de combate a incêndio dotado de sprinklers, iluminação zenital, renovadores de ar e acessibilidade para portadores de necessidades especiais. A área comum do GR Rodoanel conta com salas de reunião e treinamento, cafeteria, dois refeitórios, dois helipontos e portaria com quatro baias de entrada e saída de veículos.

De acordo com o diretor geral da GR Properties, Guilherme Rossi, a localização do condomínio facilita a movimentação de cargas dos inquilinos para a capital paulista, a região de Alphaville e o Porto de Santos. “Outro fator benéfico é que o empreendimento mantém proximidade com o único trevo de acesso urbano do trecho oeste do Rodoanel, ficando a cinco quilômetros de distância das rodovias Castello Branco e Raposo Tavares, e a nove da Régis Bittencourt”, diz.

Da construção à manutenção, o condomínio segue normas internacionais exigidas pelo United States Green Building Council (USGBC) para obtenção do selo Leadership in Energy and Environmental Design (LEED). Para isso, quesitos como prevenção de poluição nas atividades de construção, gestão de resíduos da obra e utilização de madeira certificada foram respeitados. “Hoje, as empresas já incluíram a responsabilidade ambiental em suas agendas e, por isso, procuram se instalar em locais que permitam que esse pensamento seja colocado em prática”, complementa Rossi.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!