Terça-feira, 17 de julho de 2018
Dólar R$ 3,86
Euro R$ 4,52
Tecnologística no LinkedIn
Sexta-feira, 12 de dezembro de 2014 - 11h23
Vale estabelece acordo de cooperação com porto chinês
Novidade deve promover aumento na movimentação de minério de ferro entre os terminais envolvidos

A Vale anunciou, na última quarta-feira, dia 10 de dezembro, que o Terminal Marítimo Ponta da Madeira, no Maranhão, e o Porto de Qingdao, na China, assinaram um acordo que deve aumentar a movimentação de minério de ferro entre o terminal brasileiro e o porto chinês.

De acordo com o documento, o terminal pertencente à companhia e o Porto de Qingdao vão intensificar a troca de informações, melhores práticas e estudos de interesse comum e benefício mútuo em relação ao comércio e à promoção de rotas marítimas entre Brasil e China.

Vale terminal-ponta-da-madeira Pier 5 interna

Isso inclui avaliar as oportunidades de melhoria nos serviços de transporte e logística para o aumento nos volumes de minério de ferro; cooperação para desenvolvimento, planejamento e gestão portuária; otimização de processos e melhoria da produtividade; uso e promoção de produtos de baixo carbono; intercâmbio de iniciativas para a economia de energia e realizações científicas e tecnológicas.

Utilizado principalmente para exportar minério de ferro, manganês, concentrado de cobre e ferro gusa produzidos pela Vale, além de ferro gusa e soja de terceiros, o Terminal Marítimo Ponta da Madeira foi responsável, em 2013, pelo embarque de 112 milhões de toneladas de cargas.

Por sua vez, o Porto de Qingdao, localizado na costa leste do norte da China, é um importante centro para o comércio internacional no Pacífico. Em 2013, o porto movimentou 450 milhões de toneladas de carga e seu volume de contêineres foi de 15,52 milhões de TEUs. Anualmente, o porto chinês recebe mais de 100 milhões de toneladas de minério de ferro.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!