Segunda-feira, 16 de julho de 2018
Dólar R$ 3,85
Euro R$ 4,49
Tecnologística no LinkedIn
Segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015 - 9h46
Posidonia investe US$ 17 milhões em nova embarcação
Navio chega para atender à demanda de cargas de infraestrutura

A companhia de navegação brasileira Posidonia anunciou investimentos de US$ 17 milhões na construção de uma embarcação para atender às demandas por transporte marítimo de empresas de infraestrutura. O navio multipropósito Posidonia Bravo, que já está em produção no Rio Grande do Sul, terá capacidade para transportar 3 mil toneladas e deve entrar em operação no segundo trimestre de 2016.

Com um ano e meio de atividade, a Posidonia já opera no país o navio graneleiro São Luiz e prepara o São Sebastião para entrar em operação. As duas embarcações receberam investimentos de US$ 5,5 milhões para restauro e modernização. Juntos, os navios apresentam capacidade para transportar 850 mil toneladas

por ano e realizam o atendimento dos principais portos do Brasil e do Mercosul.

De acordo com Abrahão Salomão, sócio da companhia, a terceira embarcação vai atender à demanda de transporte de cargas especializadas para projetos de infraestrutura. “Temos feito projetos no segmento com embarcações próprias e afretadas e a demanda se mostrou suficientemente forte para investirmos na construção de uma embarcação própria para este segmento”, justifica.

Em 2014, a Posidonia alcançou um faturamento de R$ 60 milhões. Os navios próprios e afretados pela empresa operam em projetos que vão do abastecimento e suporte a plataformas marítimas ao transporte de automóveis e cargas especiais entre os portos do brasileiros e argentinos.

“A Posidonia foi a primeira empresa a realizar o transporte marítimo de pás eólicas com mais de 60 metros no mercado nacional. Transportamos as pás eólicas desde o ano passado sem registrar qualquer acidente ou avaria à carga”, ressalta Salomão. “Também fomos pioneiros no transporte de asfalto líquido pelo modal marítimo no Brasil, reduzindo não só o tempo de trânsito como o número de caminhões nas estradas”, completa.

A Posidonia atua em cinco segmentos estratégicos: armação, administração e operação de navios; transporte feeder de contêineres; transporte de granéis sólidos e líquidos; transporte de carga geral e veículos; e operação de apoio marítimo. A empresa, que realiza tanto atividades de cabotagem quanto longo curso, emprega hoje cerca de 100 funcionários, entre pessoal embarcado e em solo. Dentre os principais clientes figuram nomes como Raízen, Trafigura, DHL, Bertling e MSC.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!