Quinta-feira, 19 de julho de 2018
Dólar R$ 3,84
Euro R$ 4,47
Tecnologística no LinkedIn
Quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015 - 10h24
Volvo anuncia resultados de 2014
Montadora registrou no ano passado o emplacamento de 19.732 caminhões, queda frente às 20.731 unidades registradas em 2013

A Volvo divulgou ontem, 25 de fevereiro, que encerrou o ano de 2014 com 19.732 caminhões emplacados no Brasil, queda frente às 20.731 unidades registradas em 2013. No segmento de pesados, a companhia atingiu 29,6% de market share, enquanto na linha de semipesados a participação de mercado chegou a 12,6%. Ao todo, a montadora obteve no país no ano passado market share de 21,3%, contra 20% registrado em 2013.

De acordo com informações da empresa, mesmo com a queda total das vendas de caminhões e as incertezas na economia, a Volvo teve um desempenho superior ao mercado. Enquanto o mercado total de caminhões pesados caiu 15,1%, a Volvo registrou decréscimo de 6,3%. A mesma situação ocorreu no segmento de semipesados, já que enquanto o mercado total teve queda de 5,6%, a Volvo retraiu 1%.

Segundo o presidente do Grupo Volvo América Latina, Claes Nilsson, as projeções para 2015 são conservadoras. Sem revelar detalhes, o executivo explica que a empresa irá se adequar ao mercado retraído, tanto no Brasil quanto na América Latina. Há, contudo, ações previstas. “Vamos expandir nossa rede de distribuidores de 94 para 101 pontos e investir em novos produtos e serviços”, diz. Ainda de acordo com o executivo, as ações fazem parte da estratégia de crescimento a longo prazo.

O diretor de Caminhões Volvo no Brasil, Bernardo Fedalto, também é cauteloso. “Teremos queda em relação a 2014”, define. Para ele, o cenário reflete um ajuste em função dos anos anteriores. “O mercado não é linear e acreditamos numa recuperação em 2016”, salienta. Nilsson completa e garante forte atuação ao longo deste ano. “Não pretendemos alterar nossa força de trabalho e acreditamos num crescimento mês a mês”, afirma.

Financiamentos

A Volvo Financial Services Brasil, braço financeiro do Grupo Volvo Latin America, financiou, de janeiro a dezembro de 2014, R$ 2,9 bilhões para aquisição de caminhões, ônibus e equipamentos de construção, 34% a mais que no ano anterior. A comercialização de consórcios cresceu 14% na mesma comparação e os seguros alcançaram R$ 110 milhões. A instituição foi responsável pelo financiamento de 39% das vendas da marca no Brasil.

De acordo com o presidente da Volvo Financial Services Brasil, Márcio Pedroso, o resultado foi obtido graças ao programa de criação de novas ferramentas para ganhar mais velocidade nas ações. “Foi assim com o estabelecimento de um novo sistema de cotações, assim como a implementação de melhorias no portal do banco na internet e a digitalização de vários processos internos”, conta.

O maior volume de financiamentos do Banco Volvo concentrou-se na modalidade Finame, linha de recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) voltada para bens de produção. São programas com prazos de financiamento de até 60 meses e taxas de juros pré-fixadas ou variáveis de acordo com a TJLP. “Em 2014, 88% dos novos volumes de negócios realizados pelo banco Volvo são por meio da modalidade Finame”, anuncia Pedroso.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!