Segunda-feira, 18 de maio de 2015 - 11h33
TCP realiza movimentação de helicóptero da Airbus
O modelo, que mede 15 metros de comprimento e seis metros de altura, foi desembarcado de um supercargueiro Ro-Ro

A TCP Log, subsidiária dedicada a serviços de integração da cadeia logística da TCP, realizou uma operação de carga projeto no último dia 16. Trata-se do desembarque de um helicóptero modelo EC 175, medindo 15 metros de comprimento e seis metros de altura, que chegou ao Porto de Paranaguá a bordo de um supercargueiro Ro-Ro, modelo que permite o embarque ou desembarque de cargas com rodas.

O helicóptero, trazido dos Estados Unidos pela Helibras (representante da Airbus no Brasil), foi içado por meio de uma rampa, localizada na popa da embarcação e transferido para uma área externa onde recebeu a hélice principal, transportada separadamente. “A TCP foi responsável por toda a operação portuária de descarga do helicóptero do navio, por toda estrutura para que ele fosse transferido para a área onde os engenheiros da Airbus farão a montagem da hélice, os testes necessários para garantir segurança de voo”, explica Thomas Lima, gerente da TCP Log.

Pela complexidade da manobra e pela dimensão da carga a ser trabalhada, a equipe de carga projeto da TCP Log desenvolveu uma operação especial para que fosse viável o desembarque do veículo no Porto. Para ser homologada como destino da carga da Airbus, a TCP recebeu equipes de engenheiros e pilotos da ANAC – Agência Nacional de Avição Civil e da Helibras que avaliaram a capacidade da subsidiária logística neste tipo de operação.

“A escolha por Paranaguá deve-se a capacidade da TCP de oferecer uma operação totalmente flexível ao cliente, adequando-se às necessidades que, neste caso, são muitas”, afirma Lima. “O objetivo nosso é que a TCP seja referência para esse tipo de operação que tende a acontecer com mais frequência”, finaliza.

Feitos os testes finais no modelo, o helicóptero deixará a TCP voando rumo ao Rio de Janeiro, onde fará apresentações. Posteriormente, retornará ao Porto de Paranaguá, onde a equipe da TCP Log irá operacionalizar novamente seu embarque no navio e encaminhá-lo para a Europa.