Sexta-feira, 27 de abril de 2018
Dólar R$ 3,47
Euro R$ 4,20
Tecnologística no LinkedIn
Segunda-feira, 8 de junho de 2015 - 10h16
Allink passa a atuar no modal aéreo
Serviço oferecido pela empresa liga Guarulhos a grandes cidades da Europa e das Américas

A Allink, empresa especializada no transporte marítimo internacional na modalidade LCL (sigla para Less than Container Load), em que a estufagem do contêiner é realizada com cargas fracionadas, passou a trabalhar também com transporte aéreo.

Atuando como um Non-Vessel Operator Common Carrier (NVOCC), transportador de cargas marítimas que não é operador dos navios utilizados para a movimentação da carga, a Allink é classificada como um provedor de soluções de frete neutro, conceito que transporta agora para o modal aéreo.

Neste mês de junho a empresa anunciou o serviço Allink Air, que já conta com voos semanais partindo do Aeroporto de Guarulhos (SP) com destino a Miami, nos Estados Unidos, Frankfurt, na Alemanha, Lima, no Peru, Santiago, no Chile, e Cidade do México, no México.

Para realizar o transporte aéreo de carga a Allink utiliza porões de aviões de passageiros e também aeronaves cargueiras para casos em que a carga ultrapassa as limitações dos voos comerciais. A empresa faz parte da Associação Internacional de Transportes Aéreos (Iata, na sigla em inglês) e atua com todas as companhias aéreas em operação no Brasil.

“Nossos clientes, que são agentes de carga, comissárias de despacho e despachantes aduaneiros, podem contar com a mesma neutralidade já reconhecida no modal marítimo. Ou seja, nosso atendimento não é focado no importador ou no exportador”, explica Nelson Cajado, CEO da Allink.

A empresa, que faz parte do Grupo Wilson Sons, conta com 14 escritórios em território nacional, localizados em Rio Grande (RS), Porto Alegre, Itajaí (SC), Paranaguá (PR), Curitiba, Santos (SP), São Paulo, Rio de Janeiro, Vitória, Salvador, Suape (PE), Fortaleza, Belém e Manaus.

Por meio da WorldWide Alliance (WWA), plataforma composta por companhias de diferentes países que atuam na mesma modalidade de transporte, a Allink está presente em 70 países e conta com 157 escritórios distribuídos em todos os continentes. “Para a importação buscamos junto aos nossos parceiros a obtenção das melhores opções para embarques e tarifas”, completa Cajado.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!