Terça-feira, 23 de outubro de 2018
Dólar R$ 3,68
Euro R$ 4,23
Tecnologística no LinkedIn
Segunda-feira, 22 de junho de 2015 - 11h16
Aliança finaliza renovação da frota com batismo de novo navio
Com o porta-contêineres Vicente Pinzón, a empresa completou seu projeto de expansão e modernização da frota de cabotagem

A Aliança Navegação e Logística completou a expansão e modernização da sua frota de cabotagem com o batismo do navio porta-contêineres Vicente Pinzón, no dia 20 de junho, em Santos (SP). Nos últimos dois anos, a empresa lançou um total de seis navios em seu serviço costeiro, quatro com capacidade para 3.800 contêineres e dois para 4.848 contêineres.

A cerimônia de batismo reuniu mais de 500 convidados no Terminal Marítimo de Passageiros (Concais) do Porto de Santos. O Vicente Pinzón e seu irmão Bartolomeu Dias, que foi batizado em abril, são os maiores navios da Aliança em operação na cabotagem, com capacidade para carregar 4.848 contêineres, peso bruto de 57.818 toneladas, 600 tomadas para cargas refrigeradas, comprimento total de 255 m, largura de 37,3 m e calado máximo de 12,5 m.

O nome da embarcação é uma homenagem ao navegador espanhol Vicente Yánez Pinzón, que chegou à costa brasileira em 26 de janeiro de 1500, no atual estado de Pernambuco. A madrinha do navio é Maria do Rosário Fischer, nora do fundador da Aliança, Carl Fischer, que faleceu em 1980. Frank Smet, membro do Conselho Executivo da Hamburg Süd, e a diretoria regional da empresa na Costa Lesta da América do Sul participaram do evento.

Os seis novos porta-contêineres da Aliança demandaram investimentos de R$ 700 milhões. Agora, a empresa de cabotagem da Hamburg Süd conta com 13 navios em operação, atendendo 15 portos de Buenos Aires, na Argentina, até Manaus, em um total de 104 escalas mensais.

Em 2014, a empresa movimentou 710 mil contêineres e registrou um faturamento de R$ 3,6 bilhões, números que representaram um crescimento de 30%. Para 2015, a expectativa é crescer aproximadamente 5%, absorvendo cargas que hoje são transportadas por outros modais.

Quase 70% das cargas movimentadas pela Aliança utilizam o serviço porta a porta da empresa, por meio da integração entre os modais marítimo e rodoviário, que utiliza os veículos da unidade de transporte terrestre da empresa, a Aliança Transporte Multimodal (ATM).

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!