Quarta-feira, 18 de julho de 2018
Dólar R$ 3,84
Euro R$ 4,47
Tecnologística no LinkedIn
Quinta-feira, 2 de julho de 2015 - 15h12
Gru Airport apresenta últimos investimentos direcionados a cargas
Evento teve como objetivo mostrar as melhorias feitas pela administração do aeroporto desde que ele passou a ser controlado pela iniciativa privada

A Gru Airport, concessionária do Aeroporto Internacional de São Paulo, localizado em Guarulhos, abriu as portas das dependências do seu terminal de cargas para a imprensa em evento realizado no dia 30 de junho. O acontecimento teve como o objetivo mostrar as melhorias feitas pela administração do aeroporto desde que ele passou a ser controlado pela iniciativa privada, em fevereiro de 2013.

Foram realizadas obras visando a modernização da infraestrutura, totalizando investimentos de R$ 45 milhões. Entre as principais iniciativas está a readequação do layout dos armazéns de importação e exportação, que permitiu um incremento de 24% na capacidade total de armazenagem. Além disso, o transelevador utilizado no local passou de quatro para dez pontos de saída. Houve também a entrega, no mês de abril, de 450 m² de área reservada exclusivamente para a exportação de itens perigosos. Outra importante obra foi a ampliação da câmara fria de exportação e da câmara fria de importação, inauguradas em 2014.

A empresa anunciou ainda a obtenção da certificação da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) – concedida no dia 29 de junho – para operar o Sistema de Pousos por Instrumentos – Categoria III-A, ou ILS (sigla em inglês para Instrument Landing System). A certificação assegura que a infraestrutura instalada possibilita a execução de procedimentos de aproximação e pouso por instrumentos em baixas condições de visibilidade e teto, por tripulações e aeronaves capacitadas. Até então, o aeroporto operava com o ILS Categoria II, que permitia pousos com visibilidade de até 400 metros. Agora, com a versão III-A, as aeronaves poderão pousar com visibilidade de até 200 metros e sem teto.

Atualmente em andamento, o projeto de modernização dos Terminais 1 e 2 tem prazo de conclusão para o segundo semestre de 2016. A primeira fase foi entregue em 2014. As obras compreendem a expansão das capacidades em áreas-chave e também melhorias nos serviços prestados aos passageiros. “A percepção dos passageiros em relação ao aeroporto melhorou bastante com a inauguração do Terminal 3. Temos certeza que os novos investimentos devem trazer ainda mais eficiência operacional e qualidade nos serviços prestados, o que impacta diretamente na sensação de conforto e segurança de nossos clientes”, diz o presidente do Gru Airport, Marcus Santarém.

Com os investimentos, a proposta é melhorar ainda mais a estrutura física, os procedimentos internos e a eficiência operacional. De acordo com Santarém, ao assumir a gestão do maior aeroporto da América Latina, a concessionária se comprometeu a promover uma modernização total do terminal de cargas. “Os números comprovam o compromisso da equipe do Gru Cargo, ao mesmo tempo em que demonstram a confiança de nossos clientes e do setor de logística em geral em nosso trabalho”, diz.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!