Segunda-feira, 22 de janeiro de 2018
Dólar R$ 3,20
Euro R$ 3,92
Tecnologística no LinkedIn
Segunda-feira, 17 de agosto de 2015 - 14h25
Azul tem nova frequência ligando Natal a Campinas
Unidade de carga da companhia transporte peixes frescos do Nordeste brasileiro até os EUA

A Azul Linhas Aéreas Brasileiras iniciou, em junho, voos sem escalas entre o Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), e o Aeroporto Internacional São Gonçalo do Amarante, em Natal, utilizando jatos Airbus 330-200. As operações são oferecidas regularmente aos sábados.

O objetivo da companhia, além de atender à demanda de turismo da Azul Viagens, é ampliar a atuação da unidade de cargas da companhia, a Azul Cargo, na Região Nordeste, com o aproveitamento dos porões das aeronaves, ligando a capital potiguar ao Sul e ao Sudeste do país.

A Azul Cargo tem realizado também uma operação diferenciada a partir do Nordeste brasileiro, conectando Recife a Fort Lauderdale, nos Estados Unidos, por meio de Campinas, no transporte de cargas perecíveis em um prazo de aproximadamente 24 horas. Trata-se do transporte de peixes frescos, entregues à companhia pela manhã no Recife e enviados aos Estados Unidos no fim do dia por Viracopos.

“Os clientes nos entregam os peixes em um caminhão frigorificado por volta das 7 horas, após a liberação dos órgãos competentes. A partir daí, uma equipe descarrega as caixas com os perecíveis, que pesam em média 100 kg cada, realiza a devida pesagem e encaminha o material para paletização. O processo é finalizado por volta das 11 horas e a carga segue em nosso A330-200 para Campinas”, explica Davis José Maia, gerente regional de Cargas no Norte e Nordeste.

Ao chegar em Campinas, a carga é descarregada da aeronave, passa por uma inspeção utilizando raios-x em todas as caixas e conclui o trânsito alfandegário junto à Receita Federal. Depois, ela é mantida em mantas térmicas até ser novamente enviada para o avião e seguir para Fort Lauderdale, no voo das 22 horas.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!