Quinta-feira, 19 de julho de 2018
Dólar R$ 3,84
Euro R$ 4,47
Tecnologística no LinkedIn
Quarta-feira, 2 de setembro de 2015 - 11h21
TCP receberá mais escalas de embarcações de e para a Ásia
Ampliação do serviço Ipanema reduz o transit time das importações e exportações

A TCP, administradora do Terminal de Contêineres de Paranaguá, e as empresas MSC, MOL e Maersk, se uniram para reestruturar a linha marítima Ipanema, operada pelos armadores e que liga os países da Ásia ao Brasil e à Argentina. A mudança promove um aumento no número de escalas semanais do serviço no terminal, situado no Porto de Paranaguá (PR).

Antes da reestruturação, o TCP recebia somente os navios que deixavam o país em direção a Ásia. Agora, o terminal é ponto obrigatório também na chegada dos navios ao Brasil. Com isso, serão realizadas sete escalas semanais, fazendo com que o TCP receba pelo menos um navio por dia com origem ou destino para a Ásia.

“Anteriormente, os navios que serviam a linha Ipanema iam até Buenos Aires e, na volta, paravam em Paranaguá para carga e descarga de mercadorias. A partir da mudança, eles atracam no terminal tanto na ida quando na volta”, explica Juarez Moraes e Silva, diretor-superintendente Comercial da TCP. “Isto deve diminuir o tempo de espera em até quatro dias, gerando economia para exportadores e importadores ao reduzir o tempo de armazenagem”, completa.

Para o executivo, as mudanças no serviço Ipanema fortalecem a posição de liderança do terminal na Região Sul do Brasil. “Atualmente a TCP atende 100% dos armadores que atuam na região. Dos cerca de 40 armadores existentes no mundo, aproximadamente 25 atuam na costa brasileira e a TCP trabalha com todos. Para nossos clientes é uma grande vantagem escolher um terminal que trabalhe com todos os armadores e que ofereça a possibilidade de contratar os serviços com o melhor custo possível”.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!