Terça-feira, 23 de outubro de 2018
Dólar R$ 3,68
Euro R$ 4,23
Tecnologística no LinkedIn
Sexta-feira, 25 de setembro de 2015 - 15h18
TGA Logística passar a oferecer serviço de cabotagem
Empresa uniu e estrutura e know-how em coleta distribuição para integrar o modal às suas operações

A TGA Logística anunciou, neste mês de setembro, sua entrada no mercado de cabotagem. Atuante em transporte rodoviário de carga fracionada, a empresa uniu sua estrutura e know-how em coleta e distribuição para integrar o modal às operações. Segundo a própria TGA, a expectativa de retorno sobre o investimento é de seis meses nesta primeira fase, quando deverão ser consolidados cerca de 40 TEUs por mês de

carga fracionada seca e refrigerada.

O diretor executivo Adilson Santos conta que a decisão da empresa de ampliar sua atuação para este segmento obedece a um momento estratégico, em que oportunidades começam a aparecer apesar da crise econômica do país. “Entramos no mercado já ganhando em vantagem competitiva, por contamos com o conhecimento e toda a estrutura que envolve consolidação de carga fracionada”.

Para o diretor de Cabotagem da TGA, Álvaro Fagundes, o foco da operadora logística é a carga fracionada, e não a concorrência direta com armadores. “Do total da carga do modal rodoviário presente no mercado com potencial para migrar para a cabotagem, 25% é fracionada”, afirma o executivo. Ciente do crescimento de 12% do setor de cabotagem no 1º semestre deste ano, a empresa já se prepara para o segundo semestre, de olho na otimização dos negócios.

A TGA Cabotagem já está operando a partir do Porto de Santos (SP), com linhas fracionadas porta a porta, tanto no FCL (full container load) como no LCL (less than a container load). As mercadorias são coletadas nas regiões Sul e Sudeste e embarcadas semanalmente com destino aos portos de Manaus (14 dias de navegação) e Suape, no Recife (três dias de navegação), e quinzenalmente para o Porto de Belém (12 dias de navegação).

O transporte rodoviário das cargas é feito em carretas próprias para contêineres de 20’ ou 40’, de um, dois ou três eixos, com seguro completo. Além do serviço porta a porta, a armazenagem também pode ser feita a partir de Osasco (SP), onde fica a sede da empresa. Há também todo um controle de processos, onde são estabelecidos prazos junto aos clientes, para recebimento da agenda, confirmação da viabilidade dos terminais nos portos, motoristas com documentação em dia e monitoramento das operações.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!