Terça-feira, 17 de julho de 2018
Dólar R$ 3,85
Euro R$ 4,51
Tecnologística no LinkedIn
Terça-feira, 29 de setembro de 2015 - 15h52
VajLog entra para o mercado internacional
Empresa passará a oferecer serviços de transporte de cargas FTL, atendendo embarcadores que têm como origem e destino o Chile

A VajLog, empresa de transporte rodoviário de cargas, divulgou recentemente que, após passar por uma reestruturação para fortalecer a marca no setor de logística integrada, em abril deste ano, a empresa passou a oferecer seus serviços para o mercado internacional.

Com isso, a VajLog passa a oferecer serviços de transporte de cargas lotação (FTL, ou Full Truckload) atendendo embarcadores de cargas secas, frias e congeladas que têm como origem e destino o Chile. No primeiro semestre de 2016, os serviços se estenderão ao Uruguai, Argentina e Paraguai.

Com bases operacionais nos estados da Região Sudeste, a empresa também está presente nas regiões Sul, Nordeste e Centro Oeste. A VajLog conta com estrutura e frota para oferecer ao mercado serviços de transporte de carga lotação e fracionada (LTL,

ou Less Than Truckload), além dos serviços door delivery e door to door, atendendo atualmente aos setores de alimentos, cosmético, higiene pessoal e correlatos, indústria de transformação e bens de consumo.

A empresa passou a contar também com uma unidade de negócios voltada para a armazenagem, que tem como principal produto a logística in house. A companhia desenvolve projetos para indústrias e distribuidores que buscam segurança com redução de custos e despesas, substituindo custos fixos e passivos trabalhistas por custos variáveis.

A empresa ainda conta com mais um braço, chamado Vaj Express, que atende aos embarcadores que necessitam de serviços com prazos de entrega reduzidos. O processo acontece por meio da integração dos modais rodoviário e aéreo e abrangem todo o território nacional.

“Um dos principais pilares do nosso negócio é atender e superar as expectativas dos nossos clientes, oferecendo o menor custo, garantindo, porém, que os serviços tenham qualidade, segurança e personalização”, explica Wagner Lestingi, diretor da VajLog.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!