Terça-feira, 23 de janeiro de 2018
Dólar R$ 3,20
Euro R$ 3,92
Tecnologística no LinkedIn
Quinta-feira, 1 de outubro de 2015 - 11h09
Dânica e Zipco anunciam fusão
A nova empresa, chamada DânicaZipco, nasce com faturamento de R$ 600 milhões e 800 funcionários

A Dânica e a Zipco divulgaram em setembro que assinaram acordo para fusão de suas operações. A nova empresa, chamada DânicaZipco, nasce como um proeminente player no segmento de sistemas construtivos metálicos, com faturamento de R$ 600 milhões.

A principal vantagem competitiva é a oferta conjunta de estruturas metálicas e painéis termoisolantes industrializados. A empresa passa a ter mais de 800 funcionários e fábricas no Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pernambuco, Santa Catarina, Chile e México.

O negócio foi concretizado pelo Pátria Investimentos, que já era sócio da Zipco desde 2011 e agora investiu na Dânica. Os empreendedores dessas empresas seguem com participações dentro da nova organização. O objetivo da fusão é estabelecer sinergias comerciais para impulsionar o negócio, integrando as ofertas complementares de painéis termoisolantes e estruturas metálicas, com o cliente negociando com um único fornecedor.

A força de vendas da DânicaZipco é outro ponto importante. Com complementariedade entre equipes, amplia-se o alcance do portfólio conjunto de soluções construtivas industrializadas, com resultados práticos como a redução no número de etapas nos processos construtivos e tempo gasto para a conclusão da obra.

A Dânica projeta e produz painéis termoisolantes para fechamentos laterais, divisórias e coberturas industriais e comerciais, em segmentos como construção civil, câmaras frias, supermercados e salas limpas. Desde 2009, a Dânica tem crescido a uma média de 14% ao ano, e encerrou 2014 com faturamento de R$ 477 milhões. A Zipco oferece soluções em coberturas metálicas para galpões de grande porte, incluindo vigas, telhas, domos, calhas, entre outros. Em 2014, o faturamento foi de R$ 131 milhões, um salto de 400% em relação a 2011, quando o Pátria investiu na empresa. O valor de negociação da fusão não foi divulgado.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!