Segunda-feira, 22 de janeiro de 2018
Dólar R$ 3,20
Euro R$ 3,92
Tecnologística no LinkedIn
Quarta-feira, 4 de novembro de 2015 - 9h20
TCP busca ampliar uso de contêineres no transporte de fertilizantes
Operação proporciona redução de custos e permite rastrear a carga

A TCP, empresa que administra o Terminal de Contêineres de Paranaguá (PR), promoveu, no dia 26 de outubro, um encontro com empresários que atuam na importação de fertilizantes agrícolas para a apresentação de um modelo de transporte da carga utilizando contêineres, em substituição ao formato tradicional utilizado, com navios graneleiros.

O transporte atual de fertilizantes apresenta uma série de desafios que causam impactos diretos na operação e nos custos. Além de expor a carga às mais variadas condições climáticas, o modelo utilizado não permite o rastreamento e gera perdas durante as várias movimentações realizadas no decorrer do processo.

“Com o uso de contêineres, o empresário não é afetado pelo clima, sua carga é 100% rastreada e as perdas são praticamente eliminadas, uma vez que o produto entra no contêiner e só sai dele quando chega ao destino final”, afirma o diretor-superintendente e Comercial da TCP, Juarez Moraes e Silva.

De acordo com o executivo, o uso de contêineres em produtos do agronegócio é uma tendência mundial, assim como acontece com a soja, que cada vez mais vem sendo conteinerizada para aproveitar os fretes de retorno. No caso dos fertilizantes, por exemplo, os contêineres que saem de Paranaguá com carnes congeladas com destino à Rússia, um dos maiores produtores mundiais de fertilizantes, podem retornar com o produto.

Atualmente, pouco mais de 1% do total de fertilizantes importados pelo Brasil utiliza o transporte por contêineres. “A TCP já responde por 59% deste volume, o que representa 8 mil contêineres por ano. Nossa expectativa é chegar a 15 mil contêineres até 2017”, destaca Moraes e Silva.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!