Terça-feira, 23 de janeiro de 2018
Dólar R$ 3,20
Euro R$ 3,92
Tecnologística no LinkedIn
Segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016 - 9h38
Modern Logistics recebe seu primeiro avião cargueiro
Empresa atuará no transporte rodoaéreo, com aeronaves próprias e parceiros para operações terrestres

O primeiro Boeing 737-400F da Modern Logistics decolou do Aeroporto de Lakeland, na Flórida, Estados Unidos, no último final de semana, e chega ainda nesta semana no Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP), que será um dos hubs da empresa.

A aeronave era utilizada na Europa para o transporte de passageiros. A Modern será o primeiro operador a voar com ela depois da conversão em cargueiro, realizada pela empresa Pemco, dos Estados Unidos. Lá, ele recebeu ainda as cores da Modern.

A conversão envolve a retirada dos assentos e dos bagageiros de teto, a troca do revestimento interno, o reforço do piso, a instalação de rodízios e roletes para manuseio da carga paletizada, o selamento das portas traseiras, o corte da fuselagem para a instalação da porta de carga e a instalação de um forte anteparo de proteção para a cabine. Além disso, foram realizados procedimentos no sistema de detecção e de combate a fogo, tanto dos bagageiros inferiores como do compartimento superior.

Com capacidade para transportar até 20 toneladas de carga, o Boeing será a primeira aeronave a integrar a frota própria da Modern, que até 2020 pretende contar com 26 aeronaves cargueiras, entre Boeings e ATRs. Ao todo, a empresa está investindo US$ 75 milhões em sua estrutura. Com a chegada desta primeira aeronave, os voos ligarão São Paulo a Manaus e, em seguida, começará a funcionar a linha para Recife.

No caminho para o Brasil, a aeronave fará escalas em Fort Lauderdale, também na Flórida, e em Paramaribo, no Suriname. Já em território brasileiro, ela pousará em Foz do Iguaçu (PR), onde passará pela inspeção da alfândega brasileira e então seguirá para Viracopos.

Além do transporte aéreo próprio, a Modern fará armazenagem em 15 centros de distribuição instalados por todo o país e transporte terrestre utilizando empresas parceiras. Já foram instalados CDs em Jundiaí (SP), Campinas e Manaus e logo virão mais cinco unidades com localizações ainda não determinadas, cada um medindo 5 mil m².

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!