Terça-feira, 17 de julho de 2018
Dólar R$ 3,85
Euro R$ 4,51
Tecnologística no LinkedIn
Sexta-feira, 8 de abril de 2016 - 15h28
Panalpina lança serviço marítimo entre Santos e Medelim
Com escala em Cartagena, transit time é de 20 dias, quatro dias a menos do que nas versões que incorporam o deslocamento terrestre

A Panalpina Brasil oficializou, durante a Intermodal South America, o lançamento de seu mais novo serviço marítimo para cargas fracionadas de Santos (SP) para Medelim, na Colômbia. O serviço, próprio e regular, já está em operação desde março.

O serviço é semanal, saindo do porto de Santos às sextas-feiras, com escala no porto de Cartagena e atracando em Medelim com transit time de 20 dias. “De Santos até Cartagena são 13 dias e entre Cartagena e Medelim, sete dias”, conta o diretor de Vendas e Marketing, Gustavo Paschoa. Segundo a empresa, o tempo de deslocamento é inferior ao comparado com soluções que envolvem o deslocamento via terrestre entre Cartagena e Medelim.

Outro diferencial do serviço é que a Panalpina disponibiliza a operação de armazenagem para os seus clientes na origem e no destino. “Somos os únicos consolidadores com este serviço no mercado, além de sermos o único freight forwarder com armazém alfandegado próprio na cidade de Medelim. Devido a nossa forte presença e aos altos investimentos, fomos capazes de abrir dois serviços diretos, únicos e exclusivos, que são Busan, na Coréia do Sul/Medelim e Santos/Medelim”, diz Cleber Oliveira, gerente regional do Produto LCL.

Em Santos, a empresa usa as instalações de um terminal portuário parceiro. Já em Medelim, o armazém é 100% gerenciado pela Panalpina e disponibiliza 8.000 m² para os embarcadores de cargas. “Este diferencial é importante, pois tem impacto direto na redução de custos operacionais na exportação. Além disso, temos mais controle sobre as cargas e sobre o desenvolvimento de toda a operação”, avalia Oliveira.

Na visão do diretor-geral da Panalpina no Brasil, Marcelo Caio, o lançamento confirma a tendência da empresa em estar mais próxima das necessidades operacionais dos seus clientes. “Temos a obrigação de sermos proativos e apresentar produtos logísticos cada vez mais eficazes e que contribuam com o core business das empresas que nos confiam suas operações”, diz.

Segundo ele, o transporte marítimo vem crescendo em importância para a empresa. “Em termos de volume de negócios, o modal hoje é nossa segunda maior fonte de contratos”, avalia. Marcelo Caio informa que a expectativa para o novo serviço LCL entre Santos e Medelim é alta. “O fluxo comercial entre os dois países vem crescendo e com este novo serviço marítimo podemos aproveitar estas oportunidades”, avalia. O executivo revela que a empresa deve lançar ainda este ano mais dois novos serviços marítimos da América do Norte direto para Medelim.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!