Sábado, 21 de julho de 2018
Dólar R$ 3,77
Euro R$ 4,41
Tecnologística no LinkedIn
Terça-feira, 24 de maio de 2016 - 10h13
Rumo inicia atividades de Escola de Manobra
Curso de formação de manobradores é realizado em parceria com o Senai

A Rumo, concessionária de ferrovias do Brasil, divulgou a estruturação seu programa de formação de manobradores e iniciou em maio as novas atividades de sua Escola de Manobra. A aula inaugural, com 25 alunos, foi realizada em Curitiba (PR), onde fica a sede da companhia e parte da estrutura de formação. Em junho, o curso será ministrado para uma segunda turma em Araraquara (SP).

A Escola de Manobra possui um novo modelo que inclui formação teórica e prática realizada dentro dos pátios de Araucária (PR) e Araraquara. Esses pátios foram preparados exclusivamente para receber as turmas. Durante o último ano, especialistas revisaram e reformularam as atividades de qualificação, que antes oferecia apenas aulas teóricas. Agora, o novo programa de formação da Escola de Manobra, realizado em parceria com o Senai, será a principal porta de entrada para novos manobradores na empresa. A Rumo mantém, ainda, programas de formação de maquinistas e de condutores de auto de linha (veículo de apoio à operação ferroviária).

“Estamos felizes por colocar em prática o projeto de formação de manobradores, que é um pilar importante para termos uma operação ainda mais segura”, afirma o vice-presidente da Operação Sul da Rumo, Darlan Fábio de David. “A manobra ferroviária exige conhecimento e muita dedicação e esse projeto permitirá que nossos colaboradores estejam mais preparados para exercer suas atividades”, diz.

Segundo a empresa, a necessidade de manobradores e maquinistas aumenta de acordo com a demanda por transporte ferroviário, que cresceu 5% em 2015 nas regiões onde a Rumo atua. A empresa opera ferrovias em seis estados (Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso) e vem investindo em novas locomotivas, vagões e na própria estrutura ferroviária.

Os alunos passam cinco semanas na Escola de Manobra, durante as quais recebem treinamentos teóricos e práticos. Realizada num pátio ferroviário exclusivo, com locomotivas e vagões de diversos modelos, a parte prática permite ao aluno vivenciar o dia a dia na área de manobra. Cada turma cumpre ainda cinco semanas de instrução em ambiente de trabalho, sob a supervisão de um instrutor.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!