Quarta-feira, 17 de outubro de 2018
Dólar R$ 3,68
Euro R$ 4,23
Tecnologística no LinkedIn
Quinta-feira, 9 de junho de 2016 - 11h41
Porto de Santos retomará dragagem dos canais de navegação
Ordem de serviço prevê a dragagem das áreas que englobam o trecho 1 do canal de navegação e incluem a atividade para os demais trechos

A Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp) anunciou, neste mês de junho, a retomada da dragagem dos canais de navegação do Porto de Santos (SP). No dia 6 de junho, o Conselho de Administração (Consad) da Codesp aprovou o aditamento do contrato de dragagem pela empresa Van Oord Serviços de Operações Marítimas para a prestação do serviço de dragagem de manutenção. No dia 7 de junho, a estatal assinou um aditivo contratual e a ordem de serviço.

Com isso, serão dragadas as áreas que englobam o trecho 1 do canal de navegação, além da inclusão da atividade para os demais trechos (2, 3 e 4). Portanto, o trecho do canal de navegação que vai desde o Terminal de Pesca até a região da Alemoa deverá ter sua profundidade de projeto retomada.

O presidente da Codesp, José Alex de Oliva, explicou que, com as condições de profundidade garantidas no trecho 1, o contrato pôde, inclusive, ser redimensionado com a transferência de parte do volume a ser dragado para ações pontuais nos trechos 2, 3 e 4, com redução do valor original de R$ 24.305.000 para R$ 24.175.400, em virtude da diminuição na estimativa de volume dragado de 1,5 milhão para 940 mil metros cúbicos.

O presidente informou que também foi autorizada pelo Consad a abertura de licitação para contratação do serviço de dragagem para todo o canal de acesso, sem limitação de trecho. Para tanto, a Codesp irá concluir os termos de referência para lançamento de edital.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!