Terça-feira, 24 de abril de 2018
Dólar R$ 3,45
Euro R$ 4,21
Tecnologística no LinkedIn
Segunda-feira, 13 de junho de 2016 - 14h47
Mercado Livre investe R$ 26 milhões na compra do Axado
Empresa de soluções em gestão de frete amplia os serviços do Mercado Envios, unidade de negócios voltada para a logística

O Mercado Livre anunciou, neste mês de junho, a aquisição do controle acionário do Axado, empresa criada há cinco anos para atuar no setor de gestão de fretes e soluções para o e-commerce, em uma negociação que somou R$ 26 milhões.

Com a novidade, o Mercado Livre tem o objetivo de ampliar os serviços de sua unidade de negócios voltada para logística, o Mercado Envios, que oferece tecnologia de frete e coleta de mercadorias junto a transportadoras parceiras. A aquisição do Axado fará com que os vendedores que utilizam o Mercado Livre tenham acesso a uma variedade de soluções logísticas, incluindo o aprimoramento do TMS (transportation management system) atual.

O Axado conta com uma plataforma com 580 transportadoras e calcula fretes para mais de 2.500 lojas virtuais por meio de uma ferramenta que busca simplificar a logística em relação a prazos, valores e rastreamento da entrega, reduzindo os custos. “Essa aquisição reforça ainda mais o nosso ecossistema de serviços voltados a empreendedores de comércio eletrônico de todos os portes no Brasil”, diz Leandro Bassoi, diretor do Mercado Envios.

Com a aquisição, os mais de 50 funcionários do Axado passam a fazer parte do quadro de colaboradores do Mercado Livre, mas não haverá nenhuma mudança física ou de rotinas. As atividades permanecerão na sede atual da empresa, em Florianópolis. Além disso, os sócio-fundadores continuarão responsáveis pela gestão do Axado e não haverá qualquer alteração no atendimento aos clientes.

“Este investimento realizado por uma empresa do porte do Mercado Livre é um reconhecimento da qualidade do nosso trabalho. Nosso propósito sempre foi revolucionar a logística no Brasil. E nesse momento, com o Mercado Livre, acredito que estamos muito mais perto de realizá-lo. Estamos muito motivados com os desafios futuros”, afirma Guilherme Reitz, um dos sócios- fundadores do Axado.

“A aquisição está em linha com o objetivo principal do Mercado Livre, que é oferecer a melhor tecnologia para a atividade de comércio eletrônico. Com isso, estamos dando um importante passo para democratizar ferramentas de gestão logística para o varejo on-line, melhorando a experiência dos nossos clientes”, conclui Helisson Lemos, presidente do Mercado Livre Brasil.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!