Terça-feira, 24 de abril de 2018
Dólar R$ 3,45
Euro R$ 4,20
Tecnologística no LinkedIn
Quinta-feira, 4 de agosto de 2016 - 11h37
Riogaleão Cargo tem área e equipe totalmente dedicadas às Olimpíadas
Terminal inicia operação especial para lidar com as cargas do evento sem prejudicar as operações regulares

O Riogaleão Cargo, terminal de cargas do Aeroporto Internacional Antônio Carlos Jobim (RJ), tem a expectativa de movimentar 2 mil toneladas de cargas a mais durante os Jogos Olímpicos Rio 2016, na comparação com dias comuns.

Para se preparar para essa demanda, a empresa estabeleceu uma operação especial: o terminal ganhou um espaço exclusivo e totalmente dedicado às atividades de importação, exportação e armazenagem de materiais envolvidos no evento. O objetivo é garantir que ambas as operações, olímpica e regular, sigam normalmente.

O armazém olímpico possui 2.800 m² e conta com uma área alternativa, disponível no pátio de aeronaves, em seu planejamento de contingência. O espaço conta com a presença de órgãos reguladores, como Polícia Federal, Receita Federal, Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Vigilância Agropecuária (Vigiagro) e Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis (Ibama).

Além da infraestrutura totalmente dedicada, uma equipe de 18 colaboradores do Riogaleão Cargo ficará responsável pela operação olímpica, durante todos os dias da semana, 24 horas por dia. A área, que já recebeu as primeiras cargas de importação, ainda vai acolher equipamentos de transmissão e merchandising, entre outros.

Riogaleão Cargo
Espaço contará com uma equipe de 18 colaboradores

Para o período dos jogos, o Riogaleão Cargo já tem voos não regulares confirmados de cargueiros das companhias Emirates, Latam, Lufthansa, Cargolux e Atlas. Alguns destes voos são responsáveis por trazer os mais de 300 cavalos que participarão de provas de hipismo. Alguns animais, inclusive, já chegaram pelo terminal fluminense.

“Já investimos quase R$ 30 milhões para melhorar nossa infraestrutura e o desempenho operacional. Agora, com as Olimpíadas, temos a oportunidade de mostrar para o mercado mundial tudo que já foi feito para que sejamos um dos mais modernos e eficientes gateways da América Latina”, explica Patrick Fehring, diretor do Riogaleão Cargo.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!