Quarta-feira, 24 de janeiro de 2018
Dólar R$ 3,23
Euro R$ 3,98
Tecnologística no LinkedIn
Quarta-feira, 17 de agosto de 2016 - 11h53
Clark apresenta família de empilhadeiras GTS
Equipamentos possuem capacidade de carga entre 2,5 e 3,3 toneladas

A Clark Empilhadeiras, empresa subsidiária da Clark Material Handling International, responsável pela venda dos equipamentos da marca no Brasil, está lançando uma nova família de empilhadeiras a combustão, denominada GTS.

O equipamento está disponível nas versões GTS25, com capacidade para 2,5 toneladas de carga, GTS30, para 3 toneladas, e GTS33, para 3,3 toneladas. As empilhadeiras apresentam elevação de torre de até 7 metros e motorizações a diesel ou gás liquefeito de petróleo (GLP).

Na versão GLP, a série GTS é equipada com o motor Mitsubishi 4G64, com a tecnologia PSI em seu sistema de injeção e um ganho de potência que pode chegar a mais de 37%, com 70 cv, proporcionando maior produtividade e desempenho.

Clark

Projetada para todos os tipos de operações, a robustez, confiabilidade e durabilidade da família GTS pode ser observada nos freios a disco banhados em óleo, que vêm de série. Antes de integrar os modelos GTS, eles eram encontrados apenas em máquinas de maior capacidade. Trata-se de um item livre de manutenção, que pode chegar a 10 mil horas de vida útil, além de proporcionar alta eficiência com o mínimo de esforço para o operador do equipamento: quase 50% na comparação com os freios a tambor.

Outro destaque das máquinas é a maior ergonomia na cabine, com as alavancas do comando hidráulico posicionadas ao lado do assento do operador. Além disso, a cabine conta com degraus largos e abertos com placas antiderrapantes, assento ajustável com suspensão, braços de apoio articuláveis, três pontos de apoio para entrada e saída, alça de apoio e coluna de direção ajustável.

A cabine incorpora ajustes longitudinais de encosto e de peso no assento que, aliados ao ajuste da coluna de direção e ao amplo espaço, oferecem maior conforto e atendem a 97,5% das estaturas da população adulta no mundo. A sobreposição das vigas das torres maximiza o campo de visão e as barras de segurança superiores correm paralelas à linha de visão do operador, resultando em uma vista livre e desobstruída.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!
Rodrigoem 30/08/2016, às 22h13
Trabalhando a 14 anos na áreas de , transporte, expedição, almoxarifados , logística operacional. Essa foi uma máquina top qui tive o prazer de trabalhar mt obgado por fazerem um equipamento confiável ao profissional.a braço.