Terça-feira, 23 de outubro de 2018
Dólar R$ 3,69
Euro R$ 4,24
Tecnologística no LinkedIn
Quarta-feira, 24 de agosto de 2016 - 15h36
Fabricante chinesa sinaliza interesse no mercado ferroviário brasileiro
Estatal CRRC tem a intenção de produzir seus equipamentos localmente

Durante uma visita ao Brasil, representantes da estatal chinesa China Railway Rolling Stock Corporation (CRRC), que atua no setor de equipamentos ferroviários, revelaram em entrevista exclusiva à Tecnologística, realizada no dia 23 de agosto, seus planos de penetração no mercado brasileiro. Atualmente, a empresa é representada no país pela empresa DAG Railway.

De acordo com Pei Naijun, diretor-geral da CRRC e Andrew Wang, primeiro vice-gerente da CRRC, o objetivo é atuar no desenvolvimento e na expansão do transporte ferroviário brasileiro. Por mais que o transporte rodoviário seja predominante no país, a empresa acredita no potencial competitivo das ferrovias no futuro. Sem citar possíveis nomes, a CRRC indica que poderá comprar uma empresa brasileira para iniciar sua produção no Brasil.

CRRC Segundo Wang, a CRRC não quer ser apenas uma fornecedora estrangeira. “Somos uma empresa moderna e, como tal, estando no Brasil queremos agir como uma empresa brasileira, uma empresa local e, assim, contribuir para o desenvolvimento econômico. Existem várias maneiras de fazer isso, como ter produção local, trabalhar em conjunto com empresas brasileiras ou até mesmo introduzir novas produções e tecnologias da China”, explica. A empresa pretende contratar mão de obra brasileira e depender o mínimo possível de fornecimento externo.

A CRRC é uma empresa global de equipamentos ferroviários e produz itens como locomotivas, contêineres, vagões, maquinários para ferrovias, motores e componentes, além de produtos de outros segmentos, como ônibus, caminhões, maquinários de construção, turbinas de energia eólica, entre outros. A previsão é que a atuação no Brasil se inicie em 2017.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!
Sebastião Caixeta Lopesem 24/04/2017, às 11h07
Bom Dia!
Moro em Conselheiro Lafaiete - Minas Gerais.
Aqui existe um Parque Industrial que pertenceu a Companhia Industrial Santa Matilde que esta desativado há mais de dois anos.Temos uma mão-de-obra qualificadíssima em matéria de fabricação e reforma de qualquer tipo de vagão. Portanto não seria uma ótima oportunidade para se começar em trabalho que tenho certeza que será promissor e grande sucesso.
Vale a pena se investir neste projeto pois sei que irá dar bons frutos.