Terça-feira, 23 de janeiro de 2018
Dólar R$ 3,20
Euro R$ 3,92
Tecnologística no LinkedIn
Terça-feira, 30 de agosto de 2016 - 15h36
Mercado de condomínios logísticos de SP apresenta estabilidade nos preços
No segundo trimestre do ano, os valores fecharam em R$ 20 mensais o m², valor próximo do que vem sendo praticado nos últimos três anos

De acordo com o monitoramento realizado pela Colliers International Brasil, o mercado de condomínios logísticos de alto padrão de São Paulo está com os preços médios pedidos de locação estáveis. No segundo trimestre de 2016, os preços fecharam em R$ 20 o m² por mês, valor próximo do que vem sendo praticado nos últimos três anos.

Colliers Zimba Itatiba capa

Os preços mais altos do estado estão no Grande ABC, com R$ 25, em Barueri, com R$ 23,50, e em Guarulhos, com R$ 23. Os menores preços praticados estão em Ribeirão Preto, com R$ 16,70, no Vale do Paraíba, com R$ 17, e em Sorocaba, com R$ 17,50.

O inventário de São Paulo fechou o período com 7,4 milhões de m², mais da metade do inventário nacional. Cajamar e Jundiaí, ambos com pouco mais de 1,1 milhão de m², são as cidades com os maiores inventários, enquanto os menores estão em Ribeirão Preto, com 109 mil m², e Piracicaba, com 143 mil m².

Em relação à taxa de vacância, São Paulo apresenta 28%, índice acima da média nacional, que é de 25%. As maiores taxas do estado estão em Ribeirão Preto, com 47%, Sorocaba, com 44%, e Piracicaba, com 42%. As menores taxas de vacância estão em São Paulo, com 10%, e no Grande ABC, com 1%.

 
Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!