Domingo, 22 de abril de 2018
Dólar R$ 3,41
Euro R$ 4,18
Tecnologística no LinkedIn
Terça-feira, 27 de setembro de 2016 - 10h49
JBS inicia exportação de carne bovina in natura para os EUA
Primeiro embarque aconteceu no dia 23 de setembro, no Porto Itapoá

jbsO Porto Itapoá (SC) operou, na última sexta-feira, dia 23 de setembro, um contêiner carregado de carne bovina in natura da companhia do ramo de alimentos JBS, que embarcou com destino ao estado norte-americano da Pensilvânia. Trata-se da primeira remessa do produto depois 17 anos de negociações entre Brasil e Estados Unidos.

Um acordo foi firmado entre as duas nações no Comitê Consultivo Agrícola Brasil-Estados Unidos, ocorrido em 29 de julho e, no dia 14 de setembro, o United States Department of Agriculture (USDA) anunciou a habilitação de quatro plantas da JBS para as exportações, localizadas em Naviraí (MS), Campo Grande, Andradina (SP) e Lins (SP).

A carne, procedente da unidade campo-grandense, foi embarcada no navio Monte Aconcágua, do armador Hamburg Sud. A previsão de chegada ao destino é o dia 13 de outubro. A expectativa é que sejam embarcadas mensalmente pelo Porto Itapoá 3 mil toneladas de carne bovina com destino aos Estados Unidos. Em maio de 2015, com um acordo semelhante firmado entre Brasil e China, Itapoá já havia sido pioneiro na retomada do embarque de carne bovina para o país asiático.

A abertura do mercado americano, atualmente um dos maiores importadores de carne bovina do mundo, abre uma nova fronteira para a exportação de carne bovina in natura brasileira, não apenas para os Estados Unidos, mas também para outros mercados que seguem os mesmos padrões em relação às exigências sanitárias. “Rompemos um paradigma de décadas enfrentado pelo Brasil em relação a um dos seus principais produtos de exportação”, analisa Jerry O’Callaghan, diretor de Relações com Investidores da JBS.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!