Quinta-feira, 26 de abril de 2018
Dólar R$ 3,48
Euro R$ 4,24
Tecnologística no LinkedIn
Quarta-feira, 16 de novembro de 2016 - 15h10
Wilson Sons Ultratug Offshore recebe o PSV Pinguim
Embarcação é o segundo PSV de 5.000 toneladas da companhia

A frota da Wilson Sons Ultratug Offshore ganhou mais uma embarcação recentemente. A companhia, uma joint venture entre o Grupo Wilson Sons e o Grupo Ultramar, recebeu no início de novembro o PSV Pinguim. Construída pela Wilson Sons Estaleiros no Guarujá (SP), a embarcação foi encomendada a partir do resultado da sexta rodada do Programa de Renovação da Frota de Apoio Marítimo (Prorefam).wilson-sons-capa

Uma característica importante do Pinguim é o seu porte de 5.000 toneladas. Esse é o segundo PSV (Platform Supply Vessels) desse tipo na frota da companhia, já que o Larus, recebido em julho, tem as mesmas especificações. Ambas têm contrato assinado com a Petrobras.

“Da mesma maneira que fizemos com o Larus, fomos além da exigência do Prorefam e encomendamos o Pinguim com porte de 5.000 toneladas. Com isso, podemos oferecer uma embarcação superior para nosso cliente, reforçando nosso compromisso em construir e oferecer soluções de alto valor percebido em operações de embarcações offshore”, afirma o diretor executivo da Wilson Sons Ultratug Offshore, Gustavo Machado.

O PSV Pinguim tem 85,25 m de comprimento, 19 m de boca e calado de 6,3 m. Conta com tecnologia e projeto de engenharia Damen e financiamento do Fundo da Marinha Mercante (FMM), concedido por meio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). A embarcação possui um guindaste sobre trilhos (tipo pórtico) instalado sobre a área de carga da embarcação, que permite uma melhor otimização do uso da área de convés com a arrumação das cargas.

Essa é a 22ª embarcação da companhia. A Wilson Sons Ultratug Offshore possui 19 PSVs em operação com a Petrobras e outros dois PSVs disponíveis para novos projetos no Brasil. Até o fim deste ano, mais uma embarcação será incorporada à frota da companhia: um PSV 3.500 construído pelo estaleiro Poet, de Cingapura.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!