Sexta-feira, 20 de julho de 2018
Dólar R$ 3,84
Euro R$ 4,46
Tecnologística no LinkedIn
Quarta-feira, 11 de janeiro de 2017 - 15h12
Loghis tem novo centro de distribuição em São Bernardo do Campo
Unidade está instalada em três módulos de um condomínio logístico, totalizando 6 mil m²

A Loghis Logística, empresa fundada há quatro anos e focada em intralogística, armazenagem, transporte e facility, inaugurou um novo centro de distribuição em São Bernardo do Campo (SP). A unidade está instalada em um condomínio logístico e ocupa três módulos de 2 mil m² cada, totalizando 6 mil m².loghis2-capa

O CD, inaugurado no fim de 2016, possui 15 m de pé-direito e capacidade de piso de 3 toneladas por m². Ele foi desenhado especificamente para uma operação com a montadora Volkswagen. Além da armazenagem de peças de reposição, os trabalhos incluem ainda a avaliação dos itens.

“Todo caminhão que é vendido vem com o sistema de garantia da fábrica. Quando esse caminhão vai fazer um reparo na concessionária de alguma peça em garantia, essa peça obrigatoriamente tem que passar por uma logística reversa para um centro técnico, onde existe um corpo técnico. Isso faz parte do trabalho da Loghis, que analisa a peça e, a partir da análise, é imputado o débito para o fabricante do caminhão, para o fornecedor da peça, ou para a concessionária”, diz Marcelo Tadeu dos Santos, sócio-diretor da Loghis. Dos 30 colaboradores que atuam no CD, aproximadamente 12 trabalham nessa etapa de avaliação das peças.

“Além de estar perto da Volkswagen da Rodovia Anchieta, essa filial possui acesso muito fácil pela Imigrantes, em uma região nobre de São Bernardo”, destaca o executivo. “Dessa forma geramos oportunidades de negócios com vários outros sistemistas, que é a nossa ideia: trabalhar com o armazém geral para outras empresas no mesmo endereço, pois há possibilidade de ampliação Pelo fato de estar muito próximo da Imigrantes, começamos a trabalhar também com operações de cross-docking para distribuição, pois conseguimos distribuir para São Paulo, ABC e também fazer operações de importação via Santos”, completa.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!