Sábado, 21 de abril de 2018
Dólar R$ 3,41
Euro R$ 4,19
Tecnologística no LinkedIn
Segunda-feira, 13 de março de 2017 - 10h55
Tecon Salvador investe R$ 20 milhões em guindastes elétricos
Equipamentos garantem mais eficiência operacional e sustentabilidade

O Terminal de Contêineres do Porto de Salvador (Tecon Salvador), administrado pela Wilson Sons, investiu R$ 20 milhões na aquisição de três novos guindaste elétricos de pórtico sobre pneus (eRTGs, na sigla em inglês para eletric rubber tyre gantry crane), fabricados pela empresa chinesa ZPMC.

Os equipamentos chegaram ao terminal no dia 5 deste mês de março e devem começar a operar depois de um período de 30 dias, necessários para que sejam montados e estejam aptos para o funcionamento. Com a aquisição, o Tecon Salvador passou a contar com 11 RTGs, sendo nove elétricos, e seis portêineres ship to shore crane (STS), que funcionam por meio de um sistema que dispensa o consumo de óleo diesel e, por isso, não gera gases poluentes.

A energia gerada na descida do contêiner é acumulada para ser reutilizada na próxima movimentação da carga. “Com esse mecanismo, uma só máquina deixa de emitir 48 toneladas de CO² em um ano”, destaca David Wolfovitch, gerente de Manutenção do Tecon Salvador. Outro ganho fundamental desta aquisição é o aumento na automação dos eRTGs, que possibilitam mais rapidez em seu manuseio, manutenção e prevenção com muito mais segurança.

Patrícia Iglesias, diretora Comercial do Tecon Salvador, explica que, com a chegada dos novos guindastes, o terminal reduz as movimentações de contêineres no pátio, aumentando ainda mais a produtividade. “A inciativa, além de contribuir para nosso desempenho, representa nosso compromisso com a sustentabilidade. As novas aquisições chegam para somar à atual estrutura que dispomos, com os mais modernos equipamentos ecoeficientes do mercado”, completa a executiva.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!