Terça-feira, 23 de janeiro de 2018
Dólar R$ 3,20
Euro R$ 3,92
Tecnologística no LinkedIn
Segunda-feira, 13 de março de 2017 - 11h25
Greenbrier atinge a marca de 100 mil vagões double stack produzidos
Companhia fabricou cerca de 50% de todos os equipamentos do tipo que operam globalmente

A companhia norte-americana Greenbrier está comemorando a produção de 100 mil unidades de vagões double stack em sua principal planta, denominada Gunderson e localizada no estado do Oregon, nos Estados Unidos, ao longo 32 anos de fabricação do equipamento ferroviário.

AmstedMaxion-interna

De acordo com a própria empresa, cerca de 50% de todos os vagões double stack que operam globalmente foram produzidas por ela. No Brasil, a Greenbrier fabrica vagões double stack em Hortolândia (SP) para operar na ferrovia São Paulo-Santos por meio da Greenbrier Maxion, joint venture estabelecida com a Iochpe-Maxion e a Amsted Rail.

A tecnologia double stack mudou o transporte de mercadorias de longa distância por ferrovias, permitindo que um trem pudesse transportar cerca de duas vezes mais contêineres, reduzindo drasticamente os custos por contêiner. Os vagões double stack são utilizados no transporte de quase 70% de todas as remessas intermodais dos Estados Unidos.

“O marco de 100 mil unidades produzidas é o resultado de anos de trabalho árduo e dedicação prestados pela nossa força de trabalho americana na Gunderson, que inclui muitos funcionários que trabalharam nessa instalação por várias décadas”, diz William Furman, chairman e CEO da Greenbrier.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!