Terça-feira, 17 de julho de 2018
Dólar R$ 3,85
Euro R$ 4,51
Tecnologística no LinkedIn
Quinta-feira, 11 de maio de 2017 - 12h06
Yusen utilizará o modal ferroviário nas operações entre China e Europa
Motivada pelo grande número linhas férreas novas na China, a empresa quer tirar proveito da redução de tempo em relação ao modal marítimo

A Yusen Logistics está introduzindo o modal ferroviário em suas operações de transporte de carga entre a China e a Europa. A novidade foi motivada pelo grande número de novas linhas férreas já inauguradas em território chinês e as tantas outras previstas para ser entregues até 2020. Dentre os principais benefícios da iniciativa estão o custo menor, se comparado com o transporte aéreo, e o tempo reduzido em relação ao transporte marítimo.

Para a Yusen, também são diferenciais que podem atrair o cliente o fato de o modal ferroviário ser bastante confiável em termos de tempo em operações porta a porta e o baixo nível de emissão de poluentes. Em relação ao transporte marítimo, uma carga de Hamburgo, na Alemanha, para Shangai, na China, leva 30 dias de navio e 16 apenas dias de trem. De Moscou, na Rússia, para Shangai, a diferença é ainda maior: são 35 dias por via marítima e 12 por vias ferroviárias.

A expectativa da empresa é de que a possibilidade de transportar carga de trem da China para a Europa seja amplamente aceita pela indústria de eletrônicos, por exemplo. A princípio, a Yusen vai trabalhar em parceria com a China Railway, Russia Railway, KZ Railway e Deutsche Bahn.

Comentários




Obrigado por comentar!
Erro!